Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Três orações contemplativas para trazer paz ao seu coração

MAN PARYING
By Stokkete | Shutterstock
Compartilhar

Se o seu desejo é meditar, esses passos irão ajudá-lo(a) a se sentir mais próximo de Deus

Se o seu desejo neste momento é pacificar o seu coração e se aproximar de Deus, esse guia irá ajudá-lo. Baseado nas técnicas de Mindfulness, também conhecida como Atenção Plena, ele reúne orientações que irão ajudar em sua jornada pessoal.

PREPARAÇÃO – Vista algo confortável e escolha um lugar calmo, pegue uma vela e a imagem de um santo de sua devoção ou um crucifixo. Se você quiser, também pode acender um incenso além da vela.

Sente-se no chão com as pernas cruzadas e os pés em oposição às coxas (pode usar algo acolchoado como assento) e mantenha a postura ereta. Inicie o processo de relaxamento com os olhos fechados, e comece a perceber como está sua respiração, com atenção na maneira como o ar entra e sai pelas narinas.

MOMENTO DE CONTEMPLAÇÃO – Se concentre nesses movimentos e, quando perceber que está relaxado, com a mente leve e sem pensamentos, faça o Sinal da Cruz, reze o Pai Nosso e, em seguida, repita um dos Salmos abaixo – escolha previamente aquela que condiz com o seu sentimento, se o que deseja é purificação, paz interior ou agradecimento.

No momento em que você pronunciar o Salmo escolhido, lembre-se de o fazê-lo com o coração aberto, ouça suas palavras e avalie o quão forte é o seu desejo de alcançar aquilo que pede a Deus.

Para Purificação:

Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.

Lava-me completamente da minha iniquidade, e purifica-me do meu pecado.

Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.

Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.

Eis que em iniquidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe.

Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria.

Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve.

Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que gozem os ossos que tu quebraste.

Esconde a tua face dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniquidades.

Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.

Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo.

Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.

Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão.

Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua louvará altamente a tua justiça.

Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca entoará o teu louvor.

Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos.

Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.

Faze o bem a Sião, segundo a tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém.

Então te agradarás dos sacrifícios de justiça, dos holocaustos e das ofertas queimadas; então se oferecerão novilhos sobre o teu altar. (Salmos 51,1-19)

Para Paz interior:

Em ti, SENHOR, confio; nunca me deixes confundido.

Livra-me pela tua justiça.

Inclina para mim os teus ouvidos, livra-me depressa;/sê a minha firme rocha, uma casa fortíssima que me salve.

Porque tu és a minha rocha e a minha fortaleza;/assim, por amor do teu nome, guia-me e encaminha-me.

Tira-me da rede que para mim esconderam, /pois tu és a minha força.

Nas tuas mãos encomendo o meu espírito;/tu me redimiste, Senhor Deus da verdade.

Odeio aqueles que se entregam a vaidades enganosas;/eu, porém, confio no Senhor. (Salmo 31,1-6)

Para agradecer a Deus

Eu te louvarei, Senhor, de todo o coração; diante dos deuses cantarei louvores a ti.

Voltado para o teu santo templo eu me prostrarei e renderei graças ao teu nome, por causa do teu amor e da tua fidelidade; pois exaltaste acima de todas as coisas o teu nome e a tua palavra.

Quando clamei, tu me respondeste; deste-me força e coragem.

Todos os reis da terra te renderão graças, Senhor, pois saberão das tuas promessas.

Celebrarão os feitos do Senhor, pois grande é a glória do Senhor!

Embora esteja nas alturas, o Senhor olha para os humildes, e de longe reconhece os arrogantes.

Ainda que eu passe por angústias, tu me preservas a vida da ira dos meus inimigos; estendes a tua mão direita e me livras.

O Senhor cumprirá o seu propósito para comigo! Teu amor, Senhor, permanece para sempre; não abandones as obras das tuas mãos! (Salmos 138:1-8)

ENCERRAMENTO – Reze mais uma vez o Pai Nosso e, em seguida, a Ave Maria, e finalize com o Sinal da Cruz.

Caso você tenha sentido que não tenha atingiu o grau de concentração desejado, ou que falhou em sua intenção, não se preocupe. Esse exercício pode ser repetido em outro momento, por quantos dias você deseja. Lembre-se que ao executá-lo, você deverá sempre ter clareza em relação às suas intenções e sentimentos.

Boletim
Receba Aleteia todo dia