Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconReligião
line break icon

Ferrenhos ataques ao Papa Francisco

© Marcin Mazur/catholicnews.org.uk

Vanderlei de Lima - publicado em 16/03/20

O Papa ao definir solenemente verdades de fé e moral goza da infalibilidade da Igreja em virtude da missão que exerce

Recebemos, com certa frequência, matérias que atacam o Santo Padre, o Papa Francisco. Neste artigo, desejamos nos posicionar frente a questão.

De início, importa expor, em síntese, a doutrina da Igreja: o Papa ao definir solenemente verdades de fé e moral goza da infalibilidade da Igreja em virtude da missão que exerce; nunca erra. Já em sua vida privada pode errar tanto quanto cada um de nós e até ser, por isso, respeitosamente, alertado ou corrigido de sua falha (cf. Catecismo da Igreja Católica, n. 891-892; Código de Direito Canônico, cânon 212 §3; Pergunte e Responderemos n. 222, junho de 1978, p. 253; Pe. Jesus Bujanda, SJ. Manual de teologia dogmática. Porto: Livraria Apostolado da Imprensa, 1944, p. 92). 

Ora, há quem, por ignorância ou má-fé (Deus julgue!), não faça, hoje, essa necessária distinção e pareça julgar – de modo preconceituoso – como imprestável tudo o que vem do Papa Francisco. Aliás, proferem-se contra ele as mais ferrenhas críticas. Dizem até que o Papa verdadeiro ainda é Bento XVI. Aqui, já cabe notar que nem Bento XVI – filho devotado da Igreja – pensa assim. Com efeito, em entrevista ao jornal italiano Corriere Della Sera, no dia 28 de junho de 2019, ele afirma que: “o Papa é um só, Francisco” (ACI Digital, 28/06/2019, online).

Aliás, em seu último Discurso ao Colégio de Cardeais, em 28 de fevereiro de 2013, Bento XVI dizia: “Que o Senhor vos mostre o que Ele quer. E entre vós, entre o Colégio Cardinalício, está também o futuro Papa ao qual já hoje prometo a minha reverência e obediência incondicionadas”. Que belo ato de fé, obediência e humildade!

Em contrapartida aos que criticam o Papa em tudo, temos dois escritos cabíveis. O primeiro é de Santa Catarina de Sena e data do século XIV. A santa, leiga dominicana e doutora da Igreja, que, em suas cartas, chama o Papa de “o doce Cristo na terra”, escrevendo a Bernabó Visconti, déspota de Milão, afirma que o Santo Padre (Gregório XI, na época) “detém as chaves do sangue de Cristo crucificado” e “ainda que ele fosse um demônio encarnado, jamais devo levantar a cabeça contra ele. Sempre devo humilhar-me e implorar misericórdia. É a única maneira de receber ou participar dos frutos da redenção. Peço que nada façais contra o vosso chefe” (Santa Catarina de Sena. Cartas completas. São Paulo: Paulus, 2016, p. 104-105).

Isso o Pe. Dr. Luiz Carlos Lodi da Cruz, do Pró Vida Anápolis (GO), aplica, agora, ao Papa Francisco, ao escrever, de modo filial e reverente, o seguinte: “Devemos obedecer ao Papa, com a única exceção de que ele nos ordene cometer um pecado. Que eu saiba, o Papa nunca ordenou que nós, sacerdotes, déssemos a Sagrada Comunhão aos adúlteros. Se desse tal ordem, eu seria o primeiro a desobedecer em nome da obediência a Deus. Também, que eu saiba, ele não nos ordenou participar de cultos idolátricos nem pregar que ‘todas as religiões são iguais’. Uma ordem categórica de cometer um pecado não apenas não obriga à obediência; obriga à desobediência”.

Mais: “Naquilo que não é pecado, eu obedeço ao Papa. Recito, por exemplo, o nome de São José incluído por ele nas Orações Eucarísticas II, III e IV (além do Cânon Romano), celebro a memória de Maria Mãe da Igreja (por ele instituída), invoco São João Paulo II e São João XXIII (por ele canonizados) e, no ‘Ano da Misericórdia’ (2015/2016), fiz as obras por ele indicadas a fim de lucrar indulgência plenária”.

Vem, por fim, todo o seu belo senso de verdadeiro fiel católico: “Se o Papa me suspendesse do uso de ordens, ainda que injustamente, eu lhe obedeceria, pois não seria pecado deixar de administrar os sacramentos e de celebrar a Santa Missa por obediência ao representante de Cristo. Seria dolorosíssimo, mas tenho certeza de que agradaria imensamente a Deus, como tanto lhe agradou a obediência até à morte de seu Filho feito homem” (Aborto: faça alguma coisa pela vida, n. 247, 13/01/2020, p. 6-7).

Diante do que foi exposto, o autor deste artigo também aproveita reafirmar a sua obediência filial e reverente ao Santo Padre, o Papa Francisco, e ao seu Bispo diocesano, Dom Luiz Gonzaga Fechio, da Diocese de Amparo (SP). Deus seja louvado!

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DoutrinaPapa Francisco
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia