Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Fulco
Espiritualidade

Como a peste negra mudou a Ave-Maria

Black Death

Public Domain

Philip Kosloski - publicado em 18/03/20

A expressão "agora e na hora de nossa morte" foi incluída na oração durante o século XIV, quando uma epidemia matou quase um terço da população da Europa

A oração da “Ave-Maria” que os cristãos rezam há séculos é composta de duas partes principais.

A primeira deriva da Anunciação, quando o anjo Gabriel saudou Maria, dizendo: “Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo!” (Lucas 1,28).

Já a outra parte é retirada da Visitação, quando Isabel cumprimentou Maria com as palavras: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.”

(Lucas 1,42).

A princípio, a oração era conhecida como “Saudação à Virgem Maria” e consistia apenas nos dois versículos reunidos. No entanto, durante a epidemia de peste negra, no século XIV, a oração foi modificada e uma segunda parte foi adicionada a ela.

Acredita-se que esta segunda parte (“Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte”) foi adicionada para pedir a proteção da Mãe Santíssima contra a doença fatal.

O Venerável Fulton J. Sheen explica essa origem em seu livro “O Primeiro Amor do Mundo”:

“Como se apodera dos dois momentos decisivos da vida: “agora” e “na hora da nossa morte”, sugere o clamor espontâneo das pessoas diante da grande calamidade. A peste negra, que devastou toda a Europa e destruiu um terço de sua população, levou os fiéis a clamarem à Mãe de Nosso Senhor para protegê-los quando o momento [presente] e a morte eram quase um só”.

Um especialista em devoção mariana, Pe. Donald H. Calloway, confirma essa conclusão em seu livro “Campeões do Rosário”, e explica:

“Após a peste negra, a segunda metade da Ave Maria começou a aparecer nos breviários de comunidades religiosas … O povo do século XIV precisava muito da dimensão ‘cheia de esperança’ da segunda metade da oração da Ave Maria”.

A oração assumiu várias formas durante este período sombrio na Europa, mas foi oficialmente reconhecida após a publicação do Catecismo do Concílio de Trento. A prece completa foi incluída no Breviário Romano de 1568.

Durante tempos de grande sofrimento, os cristãos se voltam ainda mais a Deus e aos santos mais próximos d’Ele, na firme esperança de que Ele traga alívio para o Seu povo.


SAINTS EPIDEMIC

Leia também:
8 santos que atravessaram grandes epidemias

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Ave MariaDoençaSaúde
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia