Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Como se preparar para uma quarentena do coronavírus

FREEZE
Shutterstock | Africa Studio
Compartilhar

Mesmo que a situação ainda não peça medidas extremas, muitos têm criado um plano de contingência para garantir que itens básicos não faltem nas despensas

Com o aumento do número de casos do coronavírus (COVID-19) no Brasil, a população aos poucos começa a lidar com a possibilidade de quarentena. Além da suspenção das aulas em colégios e universidades, as pessoas já procuram alternativas para evitar aglomerações e permanência em ambientes públicos fechados.

Mesmo que a situação ainda não peça medidas extremas, muitos têm criado um plano de contingência para garantir que itens básicos (como alimentos não-perecíveis e produtos de higiene) não faltem em suas despensas.

Se você se identifica com tal cenário e se sente mais seguro provisionando o que é essencial para a sua família, faça um plano que compreenda duas semanas de abastecimento e preste atenção nas dicas reunidas abaixo:

  1. Verifique seus armários, geladeira e freezer

Antes de sair correndo até o supermercado mais próximo pare para checar tudo o que você já tem provisionado em sua despensa e verifique o que falta. A partir daí, calcule o quanto de refeições você, seu esposo(a) e filho(s) farão ao longo dos próximos 14 dias. O mesmo vale para itens de higiene pessoal e produtos de limpeza.

O ideal é evitar comida congelada e focar em alimentos in natura de maior perecibilidade, como arroz, feijão, macarrão, cereais, grãos integrais, leite em pó e vegetais enlatados. E, no caso dos produtos lácteos, fique atento com validade e leve para casa apenas aqueles que estão com uma data de validade maior.

2. Não se esqueça de sabão e desinfetantes

Obviamente, você não precisa fazer um grande estoque desses itens, mas, como os especialistas em saúde concordam amplamente que a lavagem frequente das mãos é a maneira mais eficaz de evitar a contaminação com o COVID-19, garanta quantidade suficiente do produto para uso abundante de toda a família.

3. Programe refeições práticas e simplifique a rotina

Uma outra coisa importante a ser considerada é o planejamento das refeições. Foque naquilo que já faz parte da rotina alimentar da família e que não tomará muito tempo de sua rotina, uma vez que a dinâmica da casa mudará e provavelmente você não terá tanto tempo para cozinhar ou limpar a cozinha já que provavelmente terá de dar conta de seu home office e, ao mesmo tempo, ajudar seus filhos com as tarefas encaminhadas pela escola.

4. Abasteça sua caixa de remédios

Se você ou um parente faz uso de medicação de uso contínuo, é prudente pedir novas receitas ao médico que acompanha o tratamento a fim de evitar visitas ao consultório nas próximas semanas.

Outro ponto é checar se sua farmácia particular está devidamente abastecida com os medicamentos que a sua família utiliza eventualmente, como analgésicos, antitérmicos, antialérgicos e descongestionantes. Se possível, verifique também com o médico da família qual é o melhor anti-inflamatório a ser consumido nas próximas semanas caso em caso de necessidade.

Tais medidas evitarão idas a drogarias em caso de propagação da doença, proporcionando mais segurança à sua família.

5. Fique atento ao noticiário local

Mesmo com as dezenas de mensagens sobre o coronavírus que você recebe diariamente em seu celular, é necessário acompanhar o telejornal e os sites jornalísticas de sua cidade para se manter realmente informado a respeito da presença da doença em sua região, pois novas informações são divulgadas o tempo todo.

E, em caso de confirmação do COVID-19 em área próxima a você, mantenha o controle e siga as orientações da secretaria municipal da saúde e demais autoridades locais.

Lembre-se: não há motivo para pânico. Serenidade e responsabilidade neste momento são fundamentais.

Boletim
Receba Aleteia todo dia