Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Estilo de vida

Como manter sua casa protegida do coronavírus

CLEANING

Shutterstock | VGstockstudio

Beatriz Camargo - publicado em 22/03/20

Com a adoção de algumas medidas básicas de higiene, você e toda a sua família ficarão mais seguros em relação ao contágio

Com a pandemia do COVID-2019, os cuidados com a higiene da casa devem ser ainda maiores, principalmente se algumas saídas são inevitáveis ou se, entre os moradores, há alguém que necessariamente precisa manter uma rotina que envolva trabalho externo.

Se esse é o seu caso, o ideal é seguir o que especialistas em limpeza unanimemente recomendam como medidas essenciais para a proteção de seu lar, como limpar e desinfetar superfícies sujeitas a mais contatos e exposição ao vírus, como mesas, bancadas, maçanetas, puxadores, telefones celulares, controles remotos, torneiras e botões de descarga, pois os agentes infecciosos podem sobreviver nesses locais por várias horas.

Partindo daí, a orientação é, ao chegar em casa, sapatos, bolsa e/ou mochila devem ser retirados, mãos e rosto lavados e, caso a pessoa tenha permanecido em um ambiente fechado com outros indivíduos, o ideal é que tome um banho e coloque sua roupa para lavar. Nesse momento também é muito importante evitar o contato físico como beijos e abraços na(o) esposa(o), filho(s) ou outros moradores do local.

Outro ponto é higienizar regularmente a maçaneta e outros objetos que a pessoa manuseou assim que entrou em casa, como maçanetas e interruptores de luz. Isso vale também para o seu aparelho celular, seus óculos e relógio, que devem ser limpos com álcool com 70% de concentração.

Procure manter a casa ou apartamento bem ventilado, por isso, sempre deixe manter as janelas abertas o maior tempo possível. Os especialistas são unânimes ao recomendar que os locais que merecem mais atenção na hora da limpeza são a cozinha e banheiros, pois nesses ambientes a probabilidade dos patógenos se proliferarem é maior.

Nos banheiros, a dica é lavar com frequência torneiras, botões de descarga e superfícies da pia e sanitários com produtos à base de sabão (como o detergente ou sabão em pó diluído) e enxaguar. Caso deseje uma desinfecção ainda mais efetiva, utilizar uma solução à base de água sanitária (15 ml do produto diluído em 500 ml de água) acondicionada em um borrifador pelo tempo máximo de 24 horas, pois após esse período ela perde sua eficácia.

A solução deve ficar em contato com as superfícies por cerca de dois minutos e, depois, retirada com água (ao fazer isso tome cuidado para não deixar o produto entrar em contato com a sua roupa, pois ele causa manchas). Se preferir, poderá substituir a solução à base de água sanitária por qualquer outro desinfetante de uso doméstico indicado para banheiros.

Na cozinha, além de mesas e bancadas, o foco deve ser objetos de uso frequente e, também, eletrodomésticos como cafeteira, liquidificador e processador de alimentos. Assim como no banheiro, o desinfetante pode ser amplamente usado após a lavagem inicial com água e sabão. Também vale abusar da água quente, recomendada principalmente para higienização de objetos em madeira como tábuas e utensílios previamente lavados com sabão.

Na lavanderia, também há medidas a serem adotadas na hora de cuidar das roupas. Ao coloca-las na máquina, evite sacudi-las e, após esvaziar o cesto de roupas sujas, lembre de limpá-lo internamente com água e sabão.

Caso a sua máquina de lavar tenha ciclo de água quente ou de secagem em alta temperatura, você eventualmente poderá utilizá-los quando achar necessário. O mesmo vale em relação ao sabão em pó antibacteriano, alvejantes e soluções à base bicarbonato e água oxigenada – só os utilize em caso de real necessidade, ou seja, se a roupa pertence a uma pessoa contaminada ou a alguém que esteve contato com um doente. E, nesse caso, não esqueça de vestir luvas ao manusear tais peças.


FREEZE

Leia também:
Como se preparar para uma quarentena do coronavírus

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusFamíliaSaúde
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia