Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Meditação do dia: quarta-feira, 25 de março

CONTEMPLATE
Mmkarabella | Shutterstock
Compartilhar
A admirável concepção de Jesus

 

De fato, hoje celebramos a admirável concepção de Jesus pela Virgem. Celebramos o início de nossa redenção e anunciamos o propósito de Deus feito com bondade e poder, pois se o Senhor do universo viesse buscar seus servos fugitivos, os julgasse e não lhes mostrasse sua bondade, ele nunca teria vestido esse frágil envelope de lodo, onde ele pôde sofrer conosco e para nós.

Para os pagãos, usando as palavras de São Paulo, parecia inconsistência e maluquice, pois baseavam-se no raciocínio da vã filosofia e julgavam o Criador de acordo com as leis da criação. Existe uma obra de poder maior do que a da Virgem ter concebido, contrariando as leis da natureza? E, depois de tomar nossa carne, trazer de volta uma natureza mortal para a glória da imortalidade através da morte? É por isso que o apóstolo disse: A fraqueza de Deus é mais forte que o homem.

Hoje o ventre da Virgem se torna a porta do céu através da qual Deus desce sobre os homens para levá-los ao céu. A bem-aventurada Virgem, certa de nunca ter conhecido um homem, ficou surpresa ao ouvir que daria à luz um filho. No entanto, o anjo a encoraja e ensina a ver algo que seria naturalmente impossível em outras mulheres, e com que poder isso seria feito. Ele disse: Maria, não temas, porque achaste graça diante do Senhor. Era como se dissesse: O que estou anunciando não é da ordem da natureza, mas dom de uma graça sem paralelos. E acrescenta: O Espírito Santo virá sobre ti, e o poder do Altíssimo vai te cobrir com sua sombra.

Só ela merecia ser escolhida para que, de seu corpo imaculado, fosse modelado o corpo imaculado daquele que, antes do tempo, estava predestinado a ser o Filho do Deus Onipotente. Eis porque o anjo disse também à bem-aventurada Virgem: por isso o Santo que nascer será chamado Filho de Deus. Verdadeiramente, aquele que se ofereceria, mais tarde, para a santificação dos pecadores deveria ser santo.

A concepção virginal contém em si um grande e admirável mistério, porque por ela o ato de nossa condenação por desobediência é destruído, Deus e o homem estão reunidos, e ambos, a saber Cristo e a Igreja, não constituem senão uma só carne.

 

    Santo Ivo de Chartres

    Discurso 15, PL 162, 583-586

Bispo de Chartres († 1115).

Boletim
Receba Aleteia todo dia