Aleteia

Orações do dia: quarta-feira, 25 de março

ST CLEMENTS ISLAND,MASS,UNITED STATES,RELIGIOUS FREEDOM
A 30 foot high cross sits at the location where the first Mass was celebrated in 1634. This is also the location where the colonists placed their Cross, claiming the lands for Jesus Christ.
Compartilhar

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

ANUNCIAÇÃO DO SENHOR

 

Oração da manhã

 

Na companhia da Virgem Maria,

Rezemos e aclamemos a Deus!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém

Hino

Ó luz que o anjo traz à Virgem 

da salvação és mensageira. 

Vai se cumprir a profecia, 

de gozo enchendo a terra inteira. 

O que do Pai no eterno seio 

eternamente foi gerado, 

escolhe Mãe em nosso mundo, 

sujeito ao tempo, que é criado. 

Ele se esconde em carne humana, 

preço de nossa salvação, 

para que o sangue do inocente 

trouxesse aos crimes o perdão. 

Verdade, em carne concebida 

dum seio virgem sob o véu, 

a vossa luz é dada aos puros, 

dai-nos tal luz, que vem do céu. 

E vós, humilde coração, 

Serva de Deus vos proclamais, 

agora sois do céu Rainha, 

sede a patrona dos mortais. 

Glória e louvor a vós, Jesus, 

da Virgem Mãe por nós nascido, 

a vós, ao Pai e ao Espírito 

louvor eterno é devido.

 

 

Salmo 149

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

 

Cantai ao Senhor Deus um canto novo, 
e o seu louvor na assembleia dos fiéis! 
Alegre-se Israel em quem o fez,
e Sião se rejubile no seu Rei!


Com danças glorifiquem o seu nome,
toquem harpa e tambor em sua honra!

Porque, de fato, o Senhor ama seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.


Exultem os fiéis por sua glória,
e cantando se levantem de seus leitos,
com louvores do Senhor em sua boca
e espadas de dois gumes em sua mão,

 

para exercer sua vingança entre as nações,
e infligir o seu castigo entre os povos,
colocando nas algemas os seus reis,


e seus nobres entre ferros e correntes,
para aplicar-lhes a sentença já escrita:
Eis a glória para todos os seus santos.

 

Glória ao Pai…

 

Leitura breve Fl 2,6-7 

Jesus Cristo, existindo em condição divina, não fez do ser igual a Deus uma usurpação, mas ele esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e tornando-se igual aos homens. Encontrado com aspecto humano, humilhou-se a si mesmo.

 

Maria, alegra-te, ó cheia de graça; O Senhor é contigo.

És bendita entre todas as mulheres, e bendito é o fruto do teu ventre

 

BENEDICTUS

Pelo amor infinito com que Deus nos amou, enviou-nos seu Filho, numa carne semelhante à carne do pecado.

 

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

 
e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 


para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 


a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 


anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,


para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 


e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai…

 

Preces

A solenidade da Anunciação do Senhor, que hoje celebramos, marca o início da nossa salvação. Cheios de confiança, oremos a Deus Pai: 

 

  1. Interceda por nós a santa Mãe de Deus!

Assim como a Virgem Maria recebeu com alegria a mensagem do anjo, 

– fazei, ó Deus, que recebamos com gratidão o nosso Salvador. R. 

Assim como olhastes para a humildade de vossa serva, 

– lembrai-vos e tende compaixão de todos nós, Pai de misericórdia. R. 

Assim como Maria, a nova Eva, obedeceu plenamente à vossa Palavra divina,

– cumpra-se também em nós a vossa vontade. R. 

Que a Santa Virgem Maria socorra os pobres, ajude os fracos, console os tristes,

– reze pelo povo, proteja o clero e interceda pelas mulheres em seu devotamento. R. 

 

(Intenções livres) 

Pai nosso…

 

                                                                                  Oração
Ó Deus, quisestes que vosso Verbo se fizesse homem no seio da Virgem Maria; dai-nos participar da divindade do nosso Redentor, que proclamamos verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

MEDITAÇÃO DO DIA

 

A admirável concepção de Jesus

 

De fato, hoje celebramos a admirável concepção de Jesus pela Virgem. Celebramos o início de nossa redenção e anunciamos o propósito de Deus feito com bondade e poder, pois se o Senhor do universo viesse buscar seus servos fugitivos, os julgasse e não lhes mostrasse sua bondade, ele nunca teria vestido esse frágil envelope de lodo, onde ele pôde sofrer conosco e para nós.

Para os pagãos, usando as palavras de São Paulo, parecia inconsistência e maluquice, pois baseavam-se no raciocínio da vã filosofia e julgavam o Criador de acordo com as leis da criação. Existe uma obra de poder maior do que a da Virgem ter concebido, contrariando as leis da natureza? E, depois de tomar nossa carne, trazer de volta uma natureza mortal para a glória da imortalidade através da morte? É por isso que o apóstolo disse: A fraqueza de Deus é mais forte que o homem.

Hoje o ventre da Virgem se torna a porta do céu através da qual Deus desce sobre os homens para levá-los ao céu. A bem-aventurada Virgem, certa de nunca ter conhecido um homem, ficou surpresa ao ouvir que daria à luz um filho. No entanto, o anjo a encoraja e ensina a ver algo que seria naturalmente impossível em outras mulheres, e com que poder isso seria feito. Ele disse: Maria, não temas, porque achaste graça diante do Senhor. Era como se dissesse: O que estou anunciando não é da ordem da natureza, mas dom de uma graça sem paralelos. E acrescenta: O Espírito Santo virá sobre ti, e o poder do Altíssimo vai te cobrir com sua sombra.

Só ela merecia ser escolhida para que, de seu corpo imaculado, fosse modelado o corpo imaculado daquele que, antes do tempo, estava predestinado a ser o Filho do Deus Onipotente. Eis porque o anjo disse também à bem-aventurada Virgem: por isso o Santo que nascer será chamado Filho de Deus. Verdadeiramente, aquele que se ofereceria, mais tarde, para a santificação dos pecadores deveria ser santo.

A concepção virginal contém em si um grande e admirável mistério, porque por ela o ato de nossa condenação por desobediência é destruído, Deus e o homem estão reunidos, e ambos, a saber Cristo e a Igreja, não constituem senão uma só carne.

 

    Santo Ivo de Chartres

    Discurso 15, PL 162, 583-586

Bispo de Chartres († 1115).

 

Oração da tarde

 

Bendito é o fruto de vosso ventre! 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

 

Hino

Ave, do mar Estrela, 

bendita Mãe de Deus, 

fecunda e sempre Virgem, 

portal feliz dos céus. 

 

Ouvindo aquele Ave 

do anjo Gabriel, 

mudando de Eva o nome, 

trazei-nos paz do céu. 

 

Ao cego iluminai, 

ao réu livrai também; 

de todo mal guardai-nos 

e dai-nos todo o bem. 

 

Mostrai ser nossa Mãe, 

levando a nossa voz 

a Quem, por nós nascido, 

dignou-se vir de vós. 

 

Suave mais que todas, 

ó Virgem sem igual, 

fazei-nos mansos, puros, 

guardai-nos contra o mal. 

 

Oh! dai-nos vida pura, 

guiai-nos para a luz, 

e um dia, ao vosso lado, 

possamos ver Jesus. 

 

Louvor a Deus, o Pai, 

e ao Filho, Sumo Bem, 

com seu Divino Espírito 

agora e sempre. Amém. 

 

Salmo 126(127) 

Vós sois a construção de Deus (1Cor 3,9). 

Se o Senhor não construir a nossa casa, 
em vão trabalharão seus construtores; 
Se o Senhor não vigiar nossa cidade, 
em vão vigiarão as sentinelas! 

É inútil levantar-se de madrugada, 
ou à noite retardar vosso repouso, 
para ganhar o pão sofrido do trabalho, 
que a seus amados Deus concede enquanto dormem. 

Os filhos são a bênção do Senhor,
o fruto das entranhas, sua dádiva. 
Como flechas que um guerreiro tem na mão, 
são os filhos de um casal de esposos jovens. 

Feliz aquele pai que com tais flechas
consegue abastecer a sua aljava! 
Não será envergonhado ao enfrentar 
seus inimigos junto às portas da cidade. 

 

Glória ao Pai…

 

Leitura breve 1Jo 1,1-2 

O que era desde o princípio, o que nós ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos tocaram da Palavra da Vida, de fato, a Vida manifestou-se e nós a vimos, e somos testemunhas, e a vós anunciamos a Vida eterna, que estava junto do Pai e que se tornou visível para nós. 

 

 

A Palavra se fez carne e habitou entre nós.

A Palavra, no princípio, estava com Deus. 

 

MAGNIFICAT

Disse o anjo à Virgem: Maria, alegra-te, ó cheia de graça, o Senhor é contigo, és bendita entre todas as mulheres da terra.

 

A minha alma engrandece ao Senhor

e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

pois ele viu a pequenez de sua serva, 

desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas

e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração, 

chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,

dispersou os orgulhosos;

derrubou os poderosos de seus tronos 

e os humildes exaltou;

 

De bens saciou os famintos,

e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,

fiel ao seu amor,

 

como havia prometido aos nossos pais,

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 


Glória ao Pai…

 

Preces

Invoquemos com toda confiança o eterno Pai, que hoje, por meio do anjo, anunciou a Maria a nossa salvação; e digamos: 

  1. Dai-nos, Senhor, a vossa graça!

 

Vós, que escolhestes a Virgem Maria para ser a Mãe do vosso Filho,

– compadecei-vos de todos os que esperam a sua redenção. R. 

 Vós, que, por meio do anjo Gabriel, anunciastes a Maria a alegria e a paz,

– dai ao mundo inteiro a alegria da salvação e a paz verdadeira. R. 

Vós, que, pela aceitação de vossa serva e por obra do Espírito Santo, quisestes que vossa Palavra viesse morar entre nós,

– preparai os nossos corações para receber a Cristo do mesmo modo que a Virgem Maria o recebeu. R. 

Vós, que elevais os humildes e saciais os que têm fome, 

– animai os que estão abatidos, socorrei os necessitados e ajudai os agonizantes. R. 

 

 (Intenções livres) 

 

Deus de infinita bondade, que realizais maravilhas e para quem nada é impossível,

– salvai-nos, junto com os que já morreram, na ressurreição do último dia. R. 

 

Pai nosso…

 

ANTÍFONA MARIANA

Ave Maria, gratia plena; Dominus tecum: benedicta tu in mulieribus, et benedictus fructus ventris tui Iesus. Sancta Maria, Mater Dei ora pro nobis peccatoribus, nunc et in hora mortis nostrae. Amen.

(Tradução)

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, e Bendito é o fruto de vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

 

SEJAM SANTOS!

Na escola da santidade.

 

São Procópio de Sázava

 

Abade beneditino    (†1053)                                     Comemoração: 25 de março

 

Procópio nasceu por volta de 975, no castelo Kourim, perto de Chotoun, na atual República Tcheca. 

Recebeu sua educação em Letras Eslavas em Vysehard, que era o centro administrativo e eclesiástico da Boêmia, perto de Praga, e onde existia uma famosa escola de língua eslava. As boas relações entre Procópio e a família ducal indicam sua origem nobre. 

Ele era um sacerdote secular de vida simples e dedicado ao serviço de Deus. Depois de ser ordenado foi recebido pelo clero de Vysehard, na Igreja de São Clemente. Os costumes locais permitiam que padres fossem casados e Procópio era casado. Teve um filho chamado Jimram (Emeramo).

Influenciado pelo grande movimento beneditino que surgiu à época na Boêmia, Procópio e seu filho atraídos pelo ascetismo dos beneditinos ingressaram na vida monástica, quase certamente no mosteiro de Brevnov, na Boêmia.

Pouco depois de experimentar  a vida de monge do cenóbio, cerca do ano de 1009, Procópio pediu a seus superiores para se dedicar a uma vida ainda mais austera e, com a permissão deles, retirou-se para a solidão em uma caverna junto ao rio Sázava, a cerca de três quilômetros do castelo em que nasceu. Construiu uma pequena igreja dedicada à Virgem Maria e São João Batista. Dedicando-se à oração e à meditação, ele não negligenciou a regra beneditina do “Ora et labora”, e seu trabalho foi limpar a floresta dos arredores, para preparar uma área de cultivo. 

Como aconteceu a muitos eremitas santos, sua solidão atraiu muitos visitantes, a quem ele falava da fé e curava doenças com ervas. Naturalmente, alguns visitantes pediram para participar daquela vida de oração e penitência. Diante da demanda, Procópio fundou uma pequena vila de eremitas.

Certo dia, o duque Ulderico ao perseguir um cervo na floresta, se perdeu e encontrou-se com Procópio. Deste encontro, surgiu uma grande amizade e estima. Assim, o duque patrocinou a construção de um mosteiro em alvenaria. Dentre os monges que se juntaram para viver neste mosteiro estavam o filho e sobrinho de Procópio, Jimram e Vito. 

Após a morte do duque Ulderico, seu filho Bretislav sucedeu-o, e ao visitar o mosteiro ficou satisfeito com a vida de Procópio. Decidiu elegê-lo abade, mesmo contra a vontade dele. Procópio quis que a comunidade seguisse a Regra de São Bento, a liturgia do rito romano ocidental, utilizando a língua litúrgica eslava. Sob sua orientação, os monges, além dos trabalhos habituais, se dedicaram às obras literárias e artísticas, ampliando cada vez mais as relações com o mundo eslavo. Foi um abade que orientou muito bem seus monges e em seu abaciado nada faltou ao Mosteiro, pois Procópio participava da vida eclesiástica da Boêmia e mantinha boas relações com o duque Bretislav e com o Bispo Severus, de Praga.

Faleceu aos 78 anos, em odor de santidade, no dia 25 de março de 1053. 

Sua canonização se deu a 4 de julho de 1204, pelo Papa Inocêncio III.

Boletim
Receba Aleteia todo dia