Aleteia

O sim que nos trouxe vida

Annunciation
Compartilhar

Que nosso coração se encha de alegria com o Sim de Maria

Na festa da Anunciação, celebramos a visita do arcanjo Gabriel a uma jovem chamada Maria. Ela, temente a Deus, ouviu a mensagem e aceitou ser a mãe do Salvador. Talvez tivesse algumas incertezas quanto ao futuro, mas elas não foram maiores que sua fé no Criador.

E, mesmo diante da notícia de que seria a mãe do Filho de Deus, Maria seguiu sua missão de ajudar. Não ficou parada. Ao saber da gravidez de Isabel, sua prima, foi até lá para servir. E elas não eram vizinhas. Maria morava em Nazaré e Isabel nas montanhas de Judá. A cidade não é especificada, mas acredita-se tratar de Ain Karin. A distância estimada é entre 100 e 150 quilômetros.

Mesmo revestida no amor de Deus, gerando o filho Salvador do Mundo, Maria se tornou a serva. Ajudou Isabel que estava grávida, já em idade avançada.

O encontro das duas é um momento de louvor. Ao ver Maria, Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre” (Lucas 1,42). Em seguida, Maria recita o Magnificat (Lucas 1, 46-55).

Essa é uma passagem do Evangelho que nos mostra a humildade em servir e a grandeza do poder de Deus.

Que nosso coração se encha de alegria com o Sim de Maria. Que a humildade dela seja o nosso exemplo. Ela se fez serva de Deus e não se negou a servir aos outros. Ela que gerou em seu ventre o Verbo que se fez carne, revelou em uma aparição à Santa Brígida, que este foi o dia mais feliz de sua vida! Que a exemplo de Maria, tenhamos sempre a humildade de dizer sim a Deus.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia