Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
Histórias Inspiradoras

Humildade e serviço: o legado da freira brasileira que morreu na Itália com Covid-19

Vatican News / Reprodução

Aleteia Brasil - publicado em 27/03/20

Ela faria 82 anos amanhã. Sobrinha no Brasil: "Eu ia visitá-la este ano. Infelizmente (emocionada) não será possível. Farei a visita ao seu túmulo"

A irmã Edite Terezinha Bortolini estava para completar 82 anos amanhã, 28 de março. Gaúcha de Garibaldi, ela faleceu no último dia 23, na pequena cidade de Velo d’Astico, região do Vêneto, Itália, onde morava e trabalhava já fazia quase 20 anos.

Como superiora da comunidade até agosto passado, a Ir. Edite foi a responsável pela revitalização e transformação da grande estrutura que a congregação mantém na região, incluindo espaços para retiro espiritual, serviços à comunidade, acolhimento de idosos e educação de crianças.

Ela esteve no Brasil em janeiro

No início deste ano, a religiosa esteve no Brasil para visitar familiares nas cidades gaúchas de Canoas e Garibaldi. De acordo com o Vatican News, a sobrinha Lores Bortolini Affonso, de Curitiba, contou que a visita foi repleta de momentos felizes, especialmente com os irmãos e os sobrinhos-netos. Lores chegou a falar com a tia um dia antes de ela ser diagnosticada com a Covid-19, quando a Ir. Edite já estava em estado febril:

“O vírus foi fatal para ela, que já estava debilitada (…) Eu tinha prometido a ela que neste ano iria visitá-la e ficar um tempo com ela. Infelizmente (emocionada), não será possível. Farei a visita ao seu túmulo. É triste não poder estar junto, mas eu creio que ela deixa o exemplo de viver os seus votos religiosos durante mais de 60 anos, deixa o exemplo de obediência, de fé, de verdadeiro espírito de caridade e de oblação, de entrega e de jamais fazer a própria vontade”.

Por causa das medidas restritivas para tentar conter a já vastíssima propagação do vírus na Itália, não poderá realizar-se uma cerimônia de despedida dentro da igreja. Os familiares, segundo Lores, estarão presentes de coração no funeral, marcado para esta sexta-feira (27) no cemitério de Velo d’Astico.

Silêncio, doação e serviço

A Ir. Elsa Rodrigues, da mesma congregação das Passionistas de São Paulo da Cruz, conheceu a Ir. Edite durante os 6 anos em que esteve naquela casa das religiosas na Itália.

“A Ir. Edite foi uma pessoa muito significativa para a nossa Comunidade da Montanina. Nós ficamos sabendo da sua passagem através da congregação, que estava continuamente em contato conosco. A Ir. Edite tinha tantas qualidades, como o silêncio, a doação, o serviço. Era uma pessoa muito prática, de espírito administrativo. Ela renovou, transformou aquelas casas, porque, na realidade são três: temos a Casa Grande, construída por Antônio Fogazzaro, uma casa histórica muito bonita; temos a Escola da Infância e temos o Bom Pastor, uma casa que acolhe pessoas idosas autônomas. Lá, a Ir. Edite, além da sua presença silenciosa, alegre e doada, era uma excelente administradora. E quem conheceu aquela casa e quem a conhece hoje vê as grandes qualidades da Ir. Edite”.

Que a Irmã Edite descanse em paz eterna junto a Deus e seus esforços produzam grandes frutos.

_____________

A partir de matéria do Vatican News


Pope Francis

Leia também:
A bênção especial do Papa Francisco ao mundo

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusReligiososTestemunho
Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia