Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Estilo de vida

Quarentena: como aproveitar ao máximo o seu "novo normal"

Shutterstock

Cecilia Pigg - publicado em 01/04/20

Por que não aproveitar esse período para tornar sua vida diferente ou, talvez, melhor do que era antes da pandemia?

Você está esperando a vida voltar ao normal? Esperando e rezando para que você possa ter uma vida social novamente em breve? Ou, mais importante, que você possa trabalhar novamente?

Eu também! Enquanto isso, a vida que estamos tendo agora, em quarentena ou isolamento, é a nossa vida! Este é o novo normal, e essa parte socialmente distanciada e estranha dela é tão importante quanto aquela vida que tínhamos antes do vírus.

É fácil desejar que as coisas sejam diferentes. Mas vamos mudar o foco e usar esse tempo com sabedoria.

Um dos meus exemplos favoritos disso é de um livro chamado He Leadeth Me. O autor, é Walter Cizek, um homem incrível, que tinha um plano de falar sobre Jesus para a população da Rússia. Era o sonho da vida dele. E, em vez disso, ele foi colocado em confinamento solitário e, após, em um campo de trabalhos forçados durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de muito sofrer, ele percebeu que tinha que viver a vida que lhe fora dada, não a que ele desejara. E uma vez que ele fez essa mudança de pensamento, seus dias se tornaram mais significativos – e até frutíferos.

Então, como podemos tirar mais proveito da nossa versão do confinamento, desse novo normal? Para muitos de nós, isso significará um ritmo de vida mais lento, centrado em casa. Veja só:

  • Você pode ter mais tempo livre à noite e pela manhã;
  • Você pode ter mais silêncio;
  • Você pode ter mais tempo de qualidade com seus filhos;
  • Você pode ter menos tempo no carro;
  • Você pode ter menos compromissos.

É tentador preencher seu tempo com barulho e distrações para ajudar a compensar o fato de você não poder ver pessoas. Resista a essa tentação! Leia menos notícias. Assista a filmes e ouça livros e músicas que desafiam você!

Não vale assistir a um programa de televisão que você já viu antes – tente algo novo que exija mais atenção. Evite passar muito tempo nas mídias sociais. Em vez disso, use esses momentos raros para investir em relacionamentos: converse de verdade com as pessoas com quem você mora ou com pessoas distantes, usando seu telefone e a internet. Escreva algumas cartas significativas para as pessoas que você ama ou com quem raramente conversa, mas que mudaram sua vida de alguma maneira.

Que tempo de oração você pode adicionar à sua vida agora que antes era impossível? Tente rezar o Angelus ou confira a Liturgia das Horas. Leia a história do santo do dia. Reze o Rosário e tente assistir à Missa diária virtual.

Invista suas horas nas pessoas. Invista em oração. Invista na restauração da ordem de sua vida. Por que não aproveitar esse período para tornar sua vida diferente ou, talvez, melhor do que era antes da pandemia?

Normalmente, nossos dias são fragmentados e cheios. E com a internet, temos todas as possibilidades de viver a mesma realidade agora. Mas, essas circunstâncias únicas nos dão uma oportunidade sem precedentes de dar um passo atrás. Podemos criar uma programação diária sem ter que focar nos deslocamentos e em nossas atividades extracurriculares normais. Temos mais tempo não programado. Como vamos usá-lo? Muitas coisas boas que costumávamos fazer toda semana agora estão em espera, então vamos encher nossas vidas com coisas boas para substituí-las. Vamos deixar que esse período de tempo nos ajude a ser melhores do que éramos antes.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusDepressão
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia