Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Religião

E não haverá multidões

THE THREE MARYS

Edwin Austin Abbey | Public Domain

Pe. Patrick Briscoe - publicado em 03/04/20

Este será um Domingo de Ramos diferente. Porém, mesmo de nossas casas, a sós, não podemos abandonar Jesus

Durante todo o ministério público de Jesus, as pessoas se reuniam para ouvi-lo.

Afinal, não era um ministério secreto. As pessoas vinham até ele. Em massa.

Os discípulos se preocupavam em alimentar a multidão (Mt 14, 13-21). Jesus escalava montanhas (Mt, 5) e se dirigia até os barcos (Marcos 4, 1) para pregar. Uma mulher lutou contra a multidão para tocar a barra de sua roupa (Mt 9,20).

Jesus era tão procurado por tantas pessoas que os momentos em que ele está sozinho são raros na narrativa dos Evangelhos. Os encontros individuais com o Senhor têm um tom diferente do seu trabalho habitual.

A entrada triunfante de Cristo em Jerusalém não é exceção. Uma multidão se reúne quando ele entra na cidade naquele dia especial.

O povo vem em massa para saudar Jesus. “Hozana!”, canta a multidão. Agitando galhos, a assembléia grita de alegria em sua chegada.

Dias depois, os gritos de alegria da assembleia se transformam em clamor assassino.  A multidão não canta mais: “Hozana nas alturas”. Agora a multidão grita: “Crucifique-o!”

E, depois, não há multidão.

Existe apenas o túmulo.

E existem Maria, a Mãe de Jesus, e Maria Madalena, que “permaneceram sentadas ali, de frente para o túmulo”.

Neste Domingo de Ramos, não somos a multidão. Não somos a multidão rejubilante reunida em aclamação. Não somos filhos e filhas de Sião dando as boas vindas com aclamação ao nosso rei.

Neste Domingo de Ramos, somos as duas amigas, sentadas vigilantes, atentas, restantes.

Cristo não nos disse nos evangelhos que ele estaria na multidão. Pelo contrário. O Senhor nos prometeu: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estarei no meio deles”. No meio de nossa quarentena, um momento em que estamos em nossas casas, somos as duas amigas, sentadas, aguardando …

As maravilhas que vimos (e ainda vemos ao nosso redor) devem nos ligar ainda mais a Cristo. Agora não é hora de abandoná-lo. Agora não é hora de deixar a fé. Agora é a hora de se apegar a ele! Devemos nos recusar de ser afastados do Senhor!

Maria e Maria Madalena chegaram ao túmulo na manhã do terceiro dia, pretendendo, ao que parece, prestar homenagem a Jesus. O Evangelho de Lucas relata que elas trouxeram especiarias para ungir  o corpo do Senhor.

E, no entanto, o Senhor tinha muito mais reservado para elas.

Podemos ser as duas amigas sentadas ao lado da tumba, perplexas com o que o Senhor está fazendo. Elas ainda não viram tudo o que aconteceria. Elas, no entanto, não o abandonaram, nem ele lhes deram as costas.

Nesta, Semana Santa não podemos deixá-lo. Vamos aproveitar esses momentos a sós, que pode ser a sós com Cristo.

Que nossos pensamentos e orações sempre se voltem a Ele. Que nossos corações cheguem até Ele. Que nossas mentes olhem para Ele. Pois se permanecermos com Ele, vigilantes, esperando a glória que ele pretende revelar.


OLIVE BRANCH

Leia também:
5 recomendações para celebrar o Domingo de Ramos em casa

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusLiturgiaSemana Santa
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia