Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 19 Setembro |
Santos Mártires coreanos (AndréKim Taegon, Paulo Chong Hasang e 101 companheiros)
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Imagem tocante: janela separa avós do neto recém-nascido durante a quarentena

Reprodução / Facebook

Beatriz Camargo - publicado em 06/04/20

Protegido pela vidraça, o pequeno Ollie pode ser admirado pelos avós que o visitavam pela primeira vez

Com a pandemia do coronavírus e a quarentena, papais recém-chegados da maternidade têm redobrado os cuidados com seus bebês. Devido aos altos riscos de transmissão de doenças, chamadas em vídeos e fotografias estão entre as estratégias encontradas para apresentar o novo membro aos avós, tios, primos e amigos.

E foi nesse contexto que o pequeno Ollie chegou ao mundo. Quando nasceu, no dia 9 de março, os moradores da cidade de Dublin (Irlanda) viviam seus primeiros dias de isolamento, medida que atrapalhou completamente os planos da família.

Durante toda a gestação, a intenção dos pais de Ollie, Hannah Levins e Denis Cummins, era ter a vovó Paula Norris por perto logo após o parto para que os ajudasse com seus outros dois filhos – Penny, de três, e Lewie, de 14 anos.

Porém, com os avanços no número de casos do COVID-19 na Irlanda, tanto o bebê quanto a vovó passaram a necessitar de medidas altamente preventivas e que eliminavam por completo o contato físico entre ambos.

Em entrevista ao site Metro.co.uk, Hannah declarou que, devido à cesárea ao qual foi submetida, ela e o bebê passaram quatro dias no hospital e, nesse interim, acompanhou a internação do primeiro paciente com coronavírus no hospital em que estava.

“Enquanto eu estava lá, pude ver as coisas mudando. Havia menos funcionários, as atividades dos residentes foram interrompidas porque houve um surto da doença na universidade. Mas, mesmo assim, as parteiras estavam trabalhando o tempo todo e fazendo um trabalho fantástico”, declarou Hanna ao site.

E detalhou: “não havia visitantes permitidos, exceto os pais, mas isso também mudou, e então havia muitos outros visitantes insatisfeitos fora do hospital com os quais a equipe de segurança tinha que lidar.”

Ela disse ainda que, os avanços dos casos de COVID-19 foram tão rápidos durante sua internação que as medidas de distanciamento social que foram adotadas na cidade acabaram por tornar sua alta hospitalar em uma experiência surreal.

“O dia em que estávamos indo para casa foi um pouco assustador. Dentro do hospital, estávamos seguros, mas andando lá fora, havia uma sensação de pânico e aborrecimento. Havia filas de pessoas desesperadas em lojas. Fiquei aliviada quando cheguei com Ollie em casa”, disse Hannah.

Mas, segundo ela, a grande questão que impediam os avós de conhecer Ollie de perto foi o fato de colegas da vovó Paula testarem positivo para o COVID-19. “Isso foi difícil. Esse é o neto número oito deles, e possivelmente será o mais novo por algum tempo”, acrescentou.

Mas, mesmo impedida de entregar seu bebê para os braços da avó, Hannah e Denis decidiram apresentar Ollie aos avós Paula e Hubert pela janela. “Isso pode parecer uma foto triste, mas na verdade foi um momento positivo e feliz para nós. Foi muito difícil não senti-los próximos, porém pudemos abrir a outra janela para conversar um pouco. E foi agradável”, explicou a mamãe.

Para Hannah, passar pela recuperação sem a ajuda de Paula torna o momento ainda mais difícil, mas o importante é que todos estejam bem. “Minha Penny, de três anos, é muito animada e mal consegue conter a ansiedade para abraçar o irmão caçula. Seria bom ter um par extra de mãos às vezes, mas estamos fazendo o melhor possível”, completou.


MENINGITIS, NEWBORN

Leia também:
Pais de bebê que morreu depois de um beijo fazem alerta

Tags:
Coronavírus

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
7
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia