Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Religião

Hoje celebramos Santa Bernadette, a menina que viu Nossa Senhora de Lourdes

Fred De Noyelle | Godong | Leeimage

Reportagem local - publicado em 16/04/20

Foi a essa menina, analfabeta e com dificuldades de aprendizagem, que Maria revelou um dos grandes dogmas: "Eu sou a Imaculada Conceição"

A francesa Maria Bernarda Soubirous nasceu em 7 de janeiro de 1844 e hoje a conhecemos como Santa Bernadette, a menina pastora para quem apareceu Nossa Senhora de Lourdes.

Ela foi a primeira dos nove filhos do casal Francisco Soubirous e Luísa Castèrot. A infância de Bernadette foi sofrida. Em graves dificuldades financeiras, sua família de moleiros viveu em condições de miséria no prédio da antiga cadeia municipal de Lourdes. A própria Bernadette teve de trabalhar muido cedo, como pastora e em trabalhos domésticos.

A menina tinha dificuldades de aprendizagem formal, inclusive na catequese, o que fez com que a sua primeira comunhão tivesse de ser atrasada. Ela não pôde frequentar a escola e permaneceu analfabeta até os 14 anos. Um de seus professores, Jean Barbet, declarou a seu respeito: “Bernadette tem dificuldades de retenção das palavras do Catecismo, que ela não pode estudar porque não sabe ler”.

Foi a essa menina, sem conhecimento teológico algum, que sequer tinha recebido ainda a Primeira Comunhão, que apareceu ninguém menos que Nossa Senhora. E Maria disse algo inédito à mente daquela pobre jovem sem formação:

“Eu sou a Imaculada Conceição”.

Foi este, aliás, um dos elementos que convenceram o pároco sobre a veracidade das aparições, já que, analfabeta, Bernadette nunca poderia ter concebido por si mesma esse dogma teológico.

Apesar da vida muito dura, Bernadette perseverou na santidade e na simplicidade. Ela está até hoje no privilegiado grupo dos santos cujo corpo se conserva incorrupto – sinal de graças especialíssimas.

Todos os anos, milhares e milhares de peregrinos afluem ao local das aparições de Nossa Senhora a Santa Bernardette, em Lourdes, hoje um dos mais importantes santuários marianos do mundo.

Seu único medo

Algum tempo depois das aparições, Bernadette entrou para a vida religiosa no convento de Nevers, adotando o nome de Irmã Marie-Bernard.

Em 1870, a guerra franco-prussiana rumava para o seu fim, com a derrota de Napoleão III. No entanto, os soldados da Prússia que marchavam pelo norte da França ainda representavam uma real ameaça e causavam pavor à população.

Por volta de 9 de dezembro, com os prussianos já nos limites do departamento de Nièvre, cuja capital é Nevers, o cavaleiro Gougenot des Mousseaux foi visitar a religiosa no convento para lhe fazer algumas perguntas.

Suas questões e as respostas de Santa Bernadette foram registradas para a posteridade pelo Conde Lafond, que, aliás, não demonstra grande apreço pessoal pela religiosa a julgar pelo comentário que escreve a seu respeito: “Irmã Marie-Bernard… Essa irmã não serve para nada e, no entanto, é considerada o tesouro de Saint-Gildard. Olham para ela como o baluarte da cidade episcopal e lhe atribuem a salvação durante a invasão de 1870; os prussianos estavam em todos os condados vizinhos e quase às portas de Nevers“.

O conde continua o seu relato reproduzindo a entrevista de Gougenot des Mousseaux a Santa Bernadette:

– Recebeu, na gruta de Lourdes ou depois, alguma revelação relacionada com o futuro e o destino da França? A Santíssima Virgem não lhe deixou nenhuma advertência ou ameaça de perigo para transmitir à França?

– Não.

– Os soldados da Prússia estão chegando. Não tem medo?

– Não.

– Então não há nada a temer?

– Eu só tenho medo dos maus católicos.

– Não tem medo de mais nada?

– Não, de mais nada.

____________

A imagem que ilustra este texto é uma foto do corpo intacto de Santa Bernadette, que, desde 3 de agosto de 1925, está exposto em uma urna de cristal na capela do convento de Saint-Gildard, em Nevers, França. A cidade fica na Borgonha, a 260 quilômetros de Paris.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
MariaNossa SenhoraSantos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia