Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconReligião
line break icon

Nosso querido Bento XVI

PAPIEŻ BENEDYKT XVI

Ki Price / eyevine/EAST NEWS

Vanderlei de Lima - publicado em 19/04/20

Vale a pena refletir um pouco sobre esse grande homem de Deus a partir da transcrição de algumas reflexões suas sobre temas diversos

No último dia 16 de abril, nosso querido Bento XVI, o Papa emérito, completou 93 anos de vida. Vale a pena refletir um pouco sobre esse grande homem de Deus a partir da transcrição de algumas reflexões suas sobre temas diversos.

  1. Deus de amor: “O Deus, no qual nós cremos, é um Deus da razão, mas de uma razão que certamente não é uma matemática neutral do universo, mas que é uma coisa só com o amor, com o bem. Nós rezamos a Deus e gritamos aos homens, para que esta razão, a razão do amor e do reconhecimento da força da reconciliação e da paz, prevaleça sobre as ameaças circunstantes da irracionalidade ou de uma falsa razão, separada de Deus” (Discurso no Campo de concentração Auschwitz-Birkenau, 28/05/2006).
  2. Fé e razão: “O encontro entre a mensagem bíblica e o pensamento grego não era um simples acaso. A visão de São Paulo, diante da qual se tinham fechado os caminhos da Ásia e que, em sonho, viu um macedônio e ouviu a sua súplica: ‘Vem para a Macedônia e ajuda-nos’ (cf. At 16,6-10), esta visão pode ser interpretada como uma ‘condensação’ da necessidade intrínseca de uma aproximação entre fé bíblica e o interrogar-se grego” [a Filosofia – nota nossa] (Aula Magna na Universidade de Regensburg, 12/09/2006). Em outra ocasião, Bento afirma: “Teologia e Filosofia formam nisso uma peculiar dupla de gêmeos, na qual nenhuma das duas pode ser totalmente desvinculada da outra e, no entanto, cada uma deve conservar a própria tarefa e a própria identidade” (Alocução do Santo Padre Bento XVI preparada para ser proferida na Universidade La Sapienza, 17/01/2008).
  3. A verdade: “Verdade é, primeiramente, algo ligado ao ver, ao compreender, à theoria, como é chamada pela razão grega. Mas a verdade nunca é somente teórica. Agostinho, ao fazer a correlação entre as Bem-Aventuranças no Sermão da Montanha e os dons do Espírito mencionados em Isaías 11, afirmou uma reciprocidade entre a ‘scientia’ e a ‘tristitia’: o mero saber, diz ele, nos deixa tristes. E de fato – quem vê e apreende somente tudo o que acontece no mundo, termina por ficar triste. Mas verdade significa mais do que saber: o conhecimento da verdade tem como meta o conhecimento do bem. Este é também o sentido do questionamento socrático: Qual é o bem que nos torna verdadeiros? A verdade nos torna bons, e a bondade é verdadeira: é este o otimismo que se vive na fé cristã, dado que a ela foi concedida a visão do Logos, da Razão criadora que, na encarnação de Deus, revelou-se ao mesmo tempo como o Bem, como a própria Bondade” (idem).
  4. O Vaticano II e a hermenêutica da continuidade: “Os Padres conciliares não podiam nem queriam criar uma Igreja nova, diversa. Não tinham o mandato nem o encargo para fazê-lo: eram Padres do Concílio com uma voz e um direito de decisão só enquanto Bispos, quer dizer, em virtude do sacramento e na Igreja sacramental. Então não podiam nem queriam criar uma fé diversa ou uma Igreja nova, mas compreendê-las [a ambas] de modo mais profundo e, consequentemente, ‘renová-las’ de verdade. Por isso, uma hermenêutica da ruptura é absurda, contrária ao espírito e à vontade dos Padres conciliares” (Discurso em Castel Gandolfo, 02/08/2012).
  5. O Papa não é um senhor absoluto: “O poder conferido por Cristo a Pedro e aos seus sucessores é, em sentido absoluto, um mandato para servir. O poder de ensinar, na Igreja, obriga a um compromisso ao serviço da obediência à fé. O Papa não é um soberano absoluto, cujo pensar e querer são leis. Ao contrário: o ministério do Papa é garantia da obediência a Cristo e à Sua Palavra. Ele não deve proclamar as próprias ideias, mas vincular-se constantemente a si e à Igreja, à obediência à Palavra de Deus, tanto perante todas as tentativas de adaptação e de adulteração, como diante de qualquer oportunismo” (Homilia de 07/052005 na Basílica de São João de Latrão).

Joseph Ratzinger (Bento XVI) nasceu em 16 de abril de 1927, na Baviera, Alemanha. Entrou para o seminário aos 12 anos. Sofreu os horrores do nazismo, doutorou-se em Teologia e tornou-se sacerdote, bispo e cardeal. Eleito Papa em 19 de abril de 2005, renunciou ao múnus petrino em 28 de fevereiro de 2013.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Bento XVI
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia