Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Por que desenhar é o hobby perfeito você iniciar agora

DRAWING

Shutterstock | Toa55

Cerith Gardiner - publicado em 20/04/20

E isso vale para adultos e crianças

Se você está pensando em um passatempo digno e benéfico, considere lançar mão de lápis e papel. Além de desenhar ser uma maneira muito tranquila de gastar seu tempo, também traz benefícios para todo o processo de aprendizagem.

De acordo com D.B. Dowd, professor de arte e cultura americana na Universidade de Washington em St. Louis, Missouri, as pessoas costumam descartar o desenho simplesmente porque pensam que não têm as habilidades necessárias.

Muitos ligam a atividade de desenhar a um talento inalcançável, quando, na verdade, deveriam ver o desenho um processo criativo agradável.

“Essa confusão essencial atrapalhou nossa compreensão do desenho e o impediu de ser visto como uma ferramenta de aprendizagem, acima de tudo”, explica Dowd.

Portanto, mesmo se você não é um Leonardo da Vinci, não há absolutamente nenhuma razão para não pegar um lápis e desenhar o que vê.

Ao pensar no desenho como um domínio reservado aos artistas, as pessoas perderão algumas habilidades muito úteis que acompanham sua prática.

Como Dowd afirma, não se trata de criar a cada folha uma obra-prima. “Se você olhar para trás e olhar o desenho do ponto de vista simbólico, fica óbvio que todos os seres humanos desenham. Diagramas, mapas, rabiscos, carinhas felizes: são todos desenhos!”

E através do desenho outras habilidades podem ser aprimoradas.

“Ele promove observação atenta, o pensamento analítico, a paciência e até a humildade”, afirma o professor.

Mesmo sendo uma prática artesanal, o desenho assume uma grande importância em uma época que depende mais do mundo digital.

Dowd explica que desenhar aguça suas habilidades de observação e amplia sua experiência cognitiva.

Curiosamente, Dowd também destaca como o desenho pode ser um exercício de humildade.

Ele acredita que, ao reservar um tempo para realmente observar o que desenha, você toma consciência do quão pouco realmente sabe.

“O desenho nos leva a desacelerar, a ser pacientes, a prestar atenção”, afirma.

Embora muitos de nós, como pais, incentivemos nossos filhos a desenhar, nunca é tarde para nós mesmos sermos criativos.

Se você tentar desenhar uma natureza morta, também terá a oportunidade de se maravilhar com a criação de Deus.

Ao desenhar uma simples flor, você notará detalhes magníficos. Se você multiplicar esse tipo de observação a tudo ao seu redor, não poderá deixar de se sentir inspirado pela vida.

Tags:
ArteCovidEducaçãoVirtudes
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia