Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

7 museus para visitar virtualmente durante a quarentena

LOUVRE; MUSÉE; MUSEUM
© Jean-Pierre Dalbéra - Flickr
Le musée du Louvre.
Compartilhar

Do Masp ao Louvre, conheça sem sair de casa algumas das principais coleções de arte do mundo 

Em tempos de quarentena, é desaconselhável pensar em ir até a esquina, que dirá visitar exposições de arte. Enquanto diversas cidades ao redor do mundo começam a anunciar medidas de afrouxamento da quarentena, ainda é difícil imaginar quando museus e galerias, espaços onde formam-se aglomerações, voltarão a ser abertos ao público, ainda mais que arte, lazer e turismo estão longe de serem consideradas atividades essenciais. A boa notícia é que, neste ínterim, muitos museus estão disponibilizando todo, ou ao menos parte do acervo, gratuitamente, para qualquer um visitar, de forma interativa, do conforto do lar.      

1
Masp, São Paulo

Um dos destaques do Museu de Arte de São Paulo são os cavaletes de cristal de Lina Bo Bardi nos quais as obras são dispostas, dando a impressão de que estão suspensas. A instituição disponibilizou em seu tour virtual tanto as exposições temporárias, como Arte na Moda: Coleção Masp Rhodia e Arte da Itália: de Rafael a Ticiano, quanto as permanentes, como seu Acervo em Transformação.

artsandculture.google.com/partner/masp

2
The Metropolitan Museum of Art, Nova York

Mais importante museu dos EUA, o Met, como é conhecido, disponibilizou seis vídeos que permitem conhecer, de maneira interativa, sua arquitetura neoclássica e suas obras museu em 360º. Basta direcionar a câmera com o dedo, no smartphone, ou com o mouse, no computador, para ter uma perspectiva única durante a visita. Também é possível conhecer o Met Breuer, filial do Metropolitan dedicada à arte contemporânea, instalaao em um prédio icônico de arquitetura brutalista. 

www.metmuseum.org/art/online-features/met-360-project

3
Gugghenheim, Nova York

O museu Solomon R. Gugghenheim já vale a visita por seu belíssimo prédio desenhado por Frank Lloyd Wright. É possível passar por suas incríveis obras de arte pós-modernas e conceituais, além de instalações. No topo da homepage o visitante tem acesso à base de dados de todo o acervo do museu. 

artsandculture.google.com/partner/solomon-r-guggenheim-museum

4
British Museum, Londres

Equivalente a um museu nacional da Inglaterra, tem a proposta de interligar culturas de várias partes do mundo – inclusive, é possível acionar uma trilha sonora apropriada para a exposição de cada país ou continente. As mostras estão divididas nas seguintes categorias: arte e design, vida e morte, poder e identidade, religião e crença, comércio e conflito.

britishmuseum.withgoogle.com/

5
Rijksmuseum, Amsterdã

O principal museu holandês reúne telas de arte clássica e artefatos asiáticos, além de prata e porcelana do século 17. A navegação interativa é semelhante à do Google Street view, mas também é possível visitar as exposições online, como o guia interativo por obras de Rembrandt.

https://artsandculture.google.com/partner/rijksmuseum 

6
Picasso Museum, Barcelona

Este tour em 360º permite observar detalhes do incrível e bem preservado prédio medieval catalão no qual o museu está instalado. Um dos principais da Espanha e um dos maiores acervos de Pablo Picasso, conta com 4.251 obras focadas principalmente no início da carreira do artista.  

courtyard.museupicassobcn.org/

7
Louvre, Paris

O museu mais famoso da Europa oferece quatro tours virtuais. A exposição O Advento do Artista, situada em sua petit galerie, traz trabalhos de Rembrant, Delacroix e Tintoretto. Antiguidades Egípcias reúne obras do período faraônico. A Galeria de Apolo possui um painel de Delacroix e teto que foi iniciado por Le Brun. E ainda é possível conhecer a fortaleza que deu origem ao museu, constuída a mando do rei Filipe II da França. 

www.louvre.fr/en/visites-en-ligne#tabs 

Boletim
Receba Aleteia todo dia