Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 06 Maio |
Bem-aventurada Anna Rosa Gattorno
home iconAtualidade
line break icon

Abandonados em meio à pandemia, indígenas da Amazônia clamam por ajuda

alobos Life-CC

Agências de Notícias - publicado em 26/04/20

Os povos indígenas que vivem em isolamento voluntário são especialmente vulneráveis a doenças infecciosas, pois não têm imunidade contra a maioria desses males

Líderes dos povos indígenas da Amazônia pediram nesta sexta-feira (24) ajuda humanitária internacional diante do abandono e do risco que enfrentam em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Não há médicos em nossas comunidades, não existem materiais de proteção para essa pandemia (…) Não há apoio na questão alimentar”, denunciou José Gregorio Díaz, da coordenação das Organizações Indígenas da Bacia Amazônica (COICA). O grupo reúne os nove países que compartilham a maior floresta tropical do mundo.

Durante uma videoconferência entre a organização e a Anistia Internacional, os representantes indígenas reclamaram da pouca assistência que recebem dos governos da região, apesar do avanço da COVID-19.

Díaz também denunciou que os mineradores e madeireiros ilegais aproveitam o confinamento imposto em vários países da região para agir “com impunidade”, colocando as comunidades isoladas em risco de contágio.

“Uma das últimas opções que temos é pedir que a ajuda humanitária internacional seja autorizada a chegar até nossas comunidades… E, assim, seja possível impedir um etnocídio em toda a bacia amazônica”, afirmou.

Segundo a COICA, que coordena organizações no Brasil, Colômbia, Peru, Equador, Venezuela, Bolívia, Suriname, Guiana Francesa e Guiana Francesa, não existe um registro de quantas pessoas foram infectadas pelo vírus entre os povos nativos.

Em todo o mundo, pelo menos 190.000 pessoas morreram e quase três milhões foram infectadas pela doença que surgiu na China em dezembro.

Há um mês, a porta-voz da COICA, Claudette Labonte, pediu mais proteção diante da invasão de mineiros, traficantes de drogas, madeireiros, invasores de terras e turistas nos territórios indígenas da Amazônia.

“Os povos indígenas que vivem em isolamento voluntário são especialmente vulneráveis a doenças infecciosas, pois não têm imunidade contra a maioria desses males”, disse à AFP.

As comunidades nativas são guardiãs cruciais da biodiversidade, um papel reconhecido pelo IPCC, o grupo de especialistas da ONU em mudanças climáticas. Eles protegem uma área florestal que contém uma estimativa de mais de 200 bilhões de toneladas de carbono.

A taxa de desmatamento em terras indígenas é menos da metade da registrada em outras áreas, mas essas comunidades são igualmente ameaçadas por atividades ilegais e grandes projetos agrícolas promovidos pelos governos.

O Brasil, que abriga 60% da floresta amazônica, é o país mais afetado pelo novo coronavírus na América Latina.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
2
Mãe de Toda a Ásia, no Monte Maria, é a maior estátua de Maria do mundo
Reportagem local
Maior estátua de Maria do mundo é inaugurada e marca sinal de esp...
3
Creche
Reportagem local
URGENTE – Jovem com facão invade creche e mata crianças e p...
4
Pe. Charles Pope
O demônio diante da Eucaristia
5
Papa Francisco reza o terço
Reportagem local
Maratona de 30 dias de oração, convocada pelo Papa, começa neste ...
6
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
7
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Reportagem local
Fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib é diagnosticado com...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia