Aleteia
Terça-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Estilo de vida

A fadiga e a ansiedade do isolamento estão te esgotando?

THOUGHT

Nadino | Shutterstock

Mike Eisenbath - publicado em 27/04/20

A psicoterapeuta de uma associação católica dá dicas para quem está nesta situação

Jennifer Madere, psicoterapeuta no Texas, Estados Unidos, é especializada no tratamento de pacientes que sofreram algum tipo de trauma. “Neste momento”, diz ela, “todos estamos passando por traumas”.

Durante esse período de distanciamento social e interação humana cara a cara limitada, ela tem se encontrado com pessoas apenas por meio de sessões on-line.

“Todo mundo estava sentindo a mesma ansiedade todos os dias”, diz Madere, “então agora eles se sentem normais. Todos estavam sentindo a mesma parte da condição humana que sentem o tempo todo, e isso lhes trouxe algum consolo.”

Porém, esse consolo provavelmente tenha passado, já que o novo coronavírus continua afetando o mundo e fazendo todos sofrerem. “Agora, o fator fadiga se instalou”, diz a profissional.

Mas como lidar com essa situação, considerada o “novo normal”? Madere, que é a atual presidente da Catholic Psychotherapy Association, dá alguns conselhos.

1Aceitação radical

Essa é uma das habilidades mais vitais que muitos psicólogos ensinam na Terapia Comportamental Dialética (TCD). A TCD é essencial para qualquer pessoa que tenha passado pelo tipo de mudança de estilo de vida que o mundo experimentou. “As pessoas têm que encontrar uma âncora à normalidade”, diz Madere. “Não que isso seja normal. Não parece normal; não deve parecer normal. Mas somos chamados por Deus para isso”, explica. Para os católicos, ela diz que essa “âncora” está ligada à espiritualidade de cada um. “Alguém com uma devoção a Maria poderia ver isso como o decreto radical da Mãe Santíssima”, observou ela, “e, da mesma forma, dizer sim à vontade de Deus em um oceano desconhecido.” A “aceitação radical”, para os católicos, também pode se relacionar com uma promessa de maior confiança através da oração. Isso pode envolver o compromisso com uma Missa ao vivo ou um estudo bíblico oferecido on-line por uma paróquia.

2Identificar áreas chaves em sua vida

Liste suas novas prioridades: hobby, oração, relacionamentos específicos, melhoria da saúde física ou qualquer outra variedade de opções. Procure uma maneira de estabelecer metas para atingir objetivos nessas áreas.

3Permita-se sofrer

Formaturas, casamentos, aniversários e muitos outros eventos importantes  foram cancelados ou, pelo menos, adiados. A escola terminou prematuramente para muitos estudantes, temporadas esportivas inteiras foram canceladas. Os católicos não podem assistir à Missa e receber a Eucaristia. Isso tudo mexe com nossos sentimentos. “Sentir a perda de algo valida o quanto isso é importante para nós”, disse Madere. “Se nos permitirmos sintonizar esse sentimento, pode ser uma afirmação dessa importância. Deixe o amor a Deus, à Missa, à nossa comunidade ou a qualquer outra coisa que sentimos como perda ser externado”.

4Reconhecer e evitar os pensamentos negativos

Madere observou que existe uma tendência humana à polarização. Na linguagem psicológica, isso pode se manifestar em distorções cognitivas – pensar que é tudo ou nada, preto ou branco, sucesso ou fracasso, bom ou ruim. “As pessoas tendem para o negativo ”, continua a especialista. “Esteja ciente disso. Tente determinar se o que você está pensando e sentindo é 100% verdadeiro. Como estou respondendo? É assim que eu deveria responder?”

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusDepressãoPsicologia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Ellen Mady
Para Jesus não existe novena melhor do que es...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
ícone São Lucas Nossa Senhora Jesus médico
Reportagem local
Oração a São Lucas, evangelista e médico, pel...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
JENNIFER CHRISTIE
Jennifer Christie
Fui estuprada numa viagem a trabalho - e meu ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia