Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como conhecer a si mesmo melhor

MĘŻCZYZNA W OKNIE

Fabio Jock/Unsplash | CC0

Carlos Padilla Esteban - publicado em 01/05/20

Você é quem Deus quis que você fosse: com qualidades e defeitos, com conquistas e fracassos
Há perguntas que geralmente não nos fazemos. Talvez por achar que não temos tempo para respondê-las, ou porque a resposta poderia ser complicada demais. Se as fizermos, precisaremos de tempo para pensar, para rezar, para ficar em silêncio. E achamos que esse tempo não é importante.Mas estas perguntas que às vezes evitamos acabam sendo essenciais. Não podemos deixá-las de lado. Uma delas é: o que me define? Como eu me defino?

Talvez você considere que já tem a resposta, afinal de contas, á percorreu longos caminhos e, a essa altura, já deve saber quem você realmente é.

Geralmente definimos os outros pelo que eles fazem, pelo que estudaram, pelo seu emprego, pelos seus êxitos pessoais. Então, podemos achar que o que nos define são nossas ações, nossa aparência física, os êxitos e fracassos da vida, a percepção que os outros têm de nós.

Nossas conquistas no âmbito do trabalho, nossa situação familiar, as pessoas que nos amam e as que amamos: tudo isso faz parte da nossa vida e realmente não haveria entendimento entre nós prescindindo de tudo isso.

Mas a pergunta que não quer calar é: lá no fundo, quem sou eu? O que me define? Esta pergunta nos liberta e nos dá asas. Com ela, podemos começar a viver de verdade e assumir as rédeas da nossa vida.

Despido, despojado de títulos, quem sou eu?

Podemos caminhar sem rumo, apenas respondendo a expectativas, esperando estar à altura do que os outros esperam de nós. Não toleramos o fracasso nem as críticas. Queremos trilhar nosso caminho, mas acabamos trilhando o caminho que outros traçam para nós, por medo de tornar-nos feios, incapazes, descartáveis.

No entanto, a verdade é que, ainda que muitos achem que não temos valor, isso não nos faz necessariamente perder o valor. Também é verdade que os elogios tampouco nos tornam pessoas melhores.

Quem é você?

Você é quem Deus quis que você fosse: com qualidades e defeitos, com conquistas e fracassos.

Ele modelou nosso rosto e nos deu uma beleza na qual Ele se alegra e se reflete cada dia. Ele nos fez à sua imagem e semelhança. Que maravilha! Mesmo assim, podemos nos considerar feios, inferiores, indignos. Mas fomos feitos à imagem de Deus! Há algo maior que isso?

Não permita que as expectativas dos outros ou a não realização dos seus sonhos o levem a achar que sua beleza interior diminui. Não perca tempo buscando uma beleza diferente da sua, não se frustre. Às vezes, queremos mais, queremos tudo, não nos conformamos. Mas isso significa que, no fundo, não nos conhecemos de verdade. Não demos toda a riqueza que Deus semeou em nossa alma.

Tags:
Inteligencia emocionalPsicologia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia