Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 26 Fevereiro |
Santo Alexandre
home iconAtualidade
line break icon

Equador admite “problemas” na gestão dos mortos durante pandemia

GUAYAQUIL

JOSE SANCHEZ | AFP

Agências de Notícias - publicado em 03/05/20

Guayaquil é a cidade mais atingida pela pandemia, com cerca de 8.100 casos

O presidente do Equador, Lenín Moreno, reconheceu na sexta-feira (1o) que seu governo enfrentou “problemas” na gestão dos mortos durante a emergência sanitária pelo novo coronavírus, que levou ao colapso de hospitais e funerárias.

“Devemos reconhecer que, na fase inicial, tivemos problemas em lidar com os mortos, porque tomamos a decisão de enterrar dignamente cada equatoriano morto, e não como muitos outros países fizeram, criando valas comuns”, disse Moreno, em pronunciamento por rádio e televisão.

Em março, quando o presidente declarou emergência de saúde, Guayaquil (sudoeste do país) se tornou o epicentro da pandemia no Equador, expondo imagens de cadáveres em casas e ruas da cidade.

O caos registrado nesse porto levou o governo a criar no mesmo mês uma força-tarefa conjunta militar e policial para recolher os mortos – nem todos pela COVID-19.

As autoridades também instalaram contêineres para armazenar os corpos, devido à falta de capacidade dos necrotérios dos hospitais.

De 17,5 milhões de habitantes, o Equador registrou até ontem 26.336 casos de contágio por coronavírus, incluindo 1.063 óbitos.

As autoridades estimam que existem outras 1.606 mortes “prováveis” pela COVID-19, que não foram submetidas ao testes de diagnóstico.

Guayaquil é a cidade mais atingida pela pandemia, com cerca de 8.100 casos.

Moreno disse que, depois de superar os problemas da fase inicial, há uma “redução drástica no número de mortes”, especialmente na província de Guayas, cuja capital é Guayaquil.

Em março e abril, houve 10.169 mortes a mais por causas diversas do que nos mesmos meses de 2019 em Guayas, segundo dados oficiais.

Em meio à crise da pandemia, o pico diário de mortes naquela província foi de 677, em 4 de abril. Naquela data, o número de mortes caiu para 36, segundo dados de 29 de abril.

O governador considerou que “a velocidade de expansão do vírus foi reduzida” no país.

O Ministério Público do Equador investiga funcionários de três hospitais de Guayaquil por “violações na gestão do sistema de identificação” dos mortos.

Nessa cidade, os moradores reclamam os corpos de seus entes queridos e alegam que receberam os restos mortais de outras pessoas, devido a erros de identidade.

“Houve uma suposta negligência por parte dos funcionários de hospitais públicos no manejo dos corpos”, disse a promotora Yanina Villagómez em um comunicado.

As autoridades aguardam a identificação de 131 corpos que estão em contêineres em um hospital, de acordo com o Ministério Público.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
2
Padre Paulo Ricardo
Nossos tempos são os últimos? A Irmã Lúcia responde
3
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
4
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
5
DOMINIKANIN, SZCZEPIONKA COVID
Jesús V. Picón
Padre desenvolve vacina contra Covid-19 para os pobres
6
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
7
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia