Aleteia

Não é hora de entrar em pânico

Emotional Woman
Shutterstock
Compartilhar

Nestes dias de pandemia, estamos travando uma verdadeira batalha com nossos pensamentos. Mas não deveríamos

A pandemia do novo coronavírus está sendo um tempo difícil para todos nós. Estamos todos estressados. É fácil entrar em pânico ou tentar antecipar todas as contingências, planejar absolutamente tudo o que poderia dar errado. Lembro-me do que o filósofo Camus disse: “Qualquer idiota pode sobreviver a uma crise. São as pequenas coisas que vão deixar você louco.”

Podemos enlouquecer nos preocupando com as pequenas coisas, e podemos deixar as grandes coisas nos esmagar. Podemos nos convencer de que estamos travando nossas batalhas sozinhos, de que não há ajuda ou esperança para nós. E nesse momento, somos dispersos e deixamos o Senhor. Em outras palavras, se queremos ter a fé que move montanhas, devemos nos concentrar no que move as montanhas, e não propriamente na montanha.

Se tudo o que sabemos viesse das notícias e da mídia social, os inimigos da Igreja estariam no topo do jogo, enquanto os mocinhos estariam procurando debaixo do sofá um sapato perdido. Em tempos de frustração, tristeza e raiva, devemos ver que temos uma escolha. Podemos entrar em pânico e fugir do Senhor. Ou podemos optar por lembrar e agir de acordo com as palavras de Jesus: “No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo”(Jo 16,33).

O mundo pode lançar qualquer coisa sobre nós, mas o mundo não vai nos separar de Deus. Estamos do lado vencedor, temos que nos unir a Cristo, que foi crucificado, ressuscitou e, agora, vive e reina.

Vamos ser práticos: hoje em dia, travamos uma batalha principalmente em nossos pensamentos. É por isso que São Paulo disse: “Coloque o capacete da salvação” (Efésios 6,17) e “mantenha cativo todo pensamento em favor de Cristo” (2 Coríntios 10, 5).

Seremos tentados a dizer a nós mesmos que as dores e os encargos são insuportáveis ​​e que essa miséria durará para sempre. Seremos tentados a dizer a nós mesmos que devemos obedecer ao nosso medo, porque Deus não pode ser confiável. Tudo isso é mentira! Vamos nos lembrar de todas as vezes que Deus foi fiel a nós no passado e que Deus ainda está no comando. Vamos fazer o que é humanamente possível e recomendar o resto a Deus. Vamos ficar no presente. Vamos nos concentrar na graça atual para enfrentar o desafio de hoje e deixar o resto para Deus. Antes de dormir, enterre o dia na misericórdia de Deus.

Meus amigos, todos estamos estressados ​​e sofrendo agora. Vamos prometer rezar um pelo outro nos próximos dias, para que a paz de Cristo possa reinar em nossos corações?

Boletim
Receba Aleteia todo dia