Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Um dos curados mais idosos do mundo: brasileiro de 106 anos derrota a covid-19!

Hospital Metropolitano de Santa Rita / Reprodução
Compartilhar

Neta: “Meu avô é um guerreiro de verdade!”

João Emiliano, de 106 anos de idade, recebeu alta na última segunda-feira, 4, do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, depois de superar a covid-19. Ele havia começado o tratamento em 21 de abril, após testar positivo e chegar a ser liberado para o isolamento domiciliar, mas precisou voltar ao hospital devido a complicações.

A coordenadora do serviço social do hospital, Carmem Meireles, comentou sobre a vitória de João Emiliano:

“A cada plantão é um desafio, uma batalha a enfrentar, mas hoje meu coração exalta de alegria pela oportunidade de acompanhar a alta. Venceremos!”

A neta do centenário, Carolinny Lima, declarou sobre ele:

“Meu avô é um guerreiro de verdade, vem lutando! Quem realmente puder, fique em casa. A gente já vem sofrendo um pouquinho, com algumas dificuldades, por causa da covid. Graças a Deus, à resistência desse velho guerreiro, à luta da nossa família, de pessoas amigas e também de alguns desconhecidos, meu avô segue lutando para viver”.

No entanto, Carolinny também criticou a demora inicial para a internação do avô:

“Meu avô, um senhor com 106 anos de idade, classificado como paciente de risco, ter que enfrentar uma batalha de estar de hospital em hospital, esperando uma regulação que chega a levar quase 24 horas para liberar uma internação para ele, é realmente lamentável e chega a ser revoltante”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia