Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Andrea Bocelli: “Recebi um presente do céu e fiz o possível para compartilhá-lo”

laurentius87-cc
Compartilhar

“Na vida, nascemos para algo. Todos temos um propósito específico”, acrescenta o tenor italiano, falando sobre os talentos de cada um

Andrea Bocelli afirmou que reconhece o seu talento musical como um “presente do céu”. O tenor italiano emocionou o mundo, no Domingo de Páscoa, ao fazer uma apresentação sem público na Catedral de Milão, ocasião em que também deu testemunho da sua fé:

“Creio na força de rezarmos juntos. Creio na Páscoa cristã”.

Segundo a agência italiana Ansa, Bocelli afirmou em suas novas declarações:

“Cada pessoa é única, não é? Na vida, nascemos para algo. Todos temos um propósito específico e eu espero ter feito o meu da melhor maneira possível. Não gosto de pensar que sou único; gosto de pensar que recebi um presente do céu e fiz tudo o que me foi possível para compartilhar esse presente com os outros da melhor forma. Precisamos de espírito crítico, saudável, autêntico e sincero na vida. Só dessa maneira podemos melhorar, porque se você está satisfeito com o que faz, certamente não progredirá”.

Ele acrescentou que a diferença entre uma “obra-prima” e uma “obra bonita” está no “detalhe”.

“Ser inovador, em minha opinião, significa criar algo baseado na tradição. Nada é inventado do zero, não é? Você sempre melhora algo que já foi feito. Um grande diretor de orquestra com quem tive a sorte de trabalhar, Mimmo Arciuli, dizia que um cantor tem que trabalhar toda a vida para aprimorar uma única nota. E eu acredito que seja verdade”.

Para ele, ser feliz é “encontrar a satisfação no que você faz”:

“É quando você consegue fazer bem e consegue aproveitar todos os resultados que nascem do sacrifício, das coisas que são feitas com paixão todos os dias”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia