Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconEspiritualidade
line break icon

Salvem os Salmos! Salvem a Liturgia!

MUSIC NOTE

P Deliss | Godong

Reportagem local - Hozana - publicado em 15/05/20

Ao cantar o salmo estamos "na presença dos anjos". Ao meditar a Palavra deste canto tão primitivo da Igreja, podemos buscar essa "presença" que já habita em nós

Os Salmos existem para serem cantados. “Salmo” é uma palavra que vem do grego e significa “oração cantada e acompanhada de instrumentos musicais”. Foram feitos pelo povo hebreu (fruto da espiritualidade judaica), em sua maioria em momentos de tristeza e de angústia, mas também de alegrias e esperanças, de dores e conflitos. Representavam as orações, os clamores, as súplicas que brotavam do coração do povo para se dirigir a Deus. E, como toda Palavra de Deus, se faz presente até hoje falando dentro da alma dos homens e mulheres de todos os tempos e lugares do mundo.

Se fôssemos o povo hebreu (daquela época) vivendo esta pandemia, estaríamos entoando Salmos, em “sacrifícios de louvor”, agradecendo a oportunidade de viver um recolhimento forçado dentro de casa com a família ou até mesmo sozinhos, suplicando, agradecendo em cânticos a graça de estarmos com saúde ou, se acometidos pela enfermidade, entregando-a como sacrifício vivo em favor de nossa purificação ou pela salvação e conversão dos pecadores. Uma entrega em forma de música!

Na Liturgia da Igreja Católica, para todos os tipos de celebração, não há uma sequer que não entoe pelo menos um Salmo. Há de se concluir que o canto primário para a Liturgia Católica é o Salmo, mais propriamente nas composições gregorianas. Entretanto, isso está bem longe da realidade litúrgica. Papa Francisco, no encerramento das atividades do 1º Congresso Internacional de Música Sacra, disse: “nossa atual cultura musical se vê com frequência acometida de certa mediocridade, superficialidade e banalidade que comprometem a beleza e a intensidade da celebração litúrgica”.

Os músicos, muitas vezes, esquecem que cantam perante os anjos do Senhor (Salmo 137). Ao celebrar a morte e ressurreição de Jesus Cristo estamos junto com o Sacerdote Celebrante, fazendo-nos “perfeita oferenda” acompanhados de todos os santos, anjos e a Virgem Maria. Se esta é a nossa fé, devemos ter todo o cuidado com as músicas apresentadas, para que sejam minimamente dignas de todo o céu presente.

Muitas vezes, os salmos são “encaixados” dentro de músicas já existentes e com adaptações. Isso não quer dizer que não se deva fazer tal adaptação, mas, na maioria das vezes, este procedimento não é adequado; por fazer o ouvinte lembrar da música original ou por não expressar o que o Salmo representa naquela liturgia. Para exemplificar, há inúmeras composições de salmos alegres com melodias tristes, salmos de angústia com melodias alegres, ou melodias que dividem frases tirando o sentido, ou pior, melodias que nos recordam momentos de lazer em barzinhos (uso irresponsável de acordes), ou lembram músicas profanas.

Não é o caso necessariamente de retorno ao canto gregoriano, até porque ele é feito para o latim, mas, há um equilíbrio e ele pode ser alcançado com um repertório que tenha como baliza o estilo gregoriano/cantochão, ou seja, melodias feitas para que a Palavra de Deus seja eternizada dentro dos corações. O que brilha é a Palavra e não a música, ou a música que se faz brilhar pela Palavra cantada.

Com tal liberdade dada aos músicos e a falta de formação dos mesmos fica cada vez mais longe o entendimento que há uma grande diferença entre a música Litúrgica (incluindo os Salmos em sua maioria) e a música de evangelização.

Por isso, o trabalho que venho desenvolvendo tem o objetivo de que a melodia esteja a serviço da Palavra. Venho compondo ao longo destes últimos 2 anos cerca de 170 melodias para Salmos (alguns com mais de uma melodia) tendo influências do canto gregoriano (sem tanta preocupação com o ritmo mesmo que alguns o possuam). A intenção é de levar os ouvintes à meditação, de forma que as melodias compostas ajudem no processo de oração e contemplação da Palavra de Deus.

Através da rede social de oração Hozana.org, publico os salmos diariamente na Comunidade de Oração que criei chamada “Salmo do Dia”. Se pelo menos uma pessoa for tocada pela Palavra de Deus através de um desses salmos já é o suficiente para que eu continue com este trabalho.

Clique aqui e acesse agora!

Por Marcela Buback Del Antonio, do Hozana

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
LiturgiaMúsica
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia