Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Jesus não quer que a gente se sinta sozinho ou isolado

ALONE
panitanphoto | Shutterstock
Compartilhar

“Não vos deixarei órfãos”, disse Jesus. Portanto, se conseguirmos enxergar o mundo com os olhos da fé, nunca nos sentiremos sozinhos

Uma vez ou outra a gente pode ser acometido pelo sentimento de que somos sozinhos ou estamos isolados. Já aconteceu com você?

Isso geralmente acontece com quem mora sozinho ou quem está afastado do mundo por alguma razão. Mas é um sentimento comum também entre aqueles que vivem cercados por amigos e familiares. Nesses casos, as pessoas se sentem sozinhas porque acham que ninguém as entende.

Nesses momentos, devemos nos lembrar das palavras de Jesus aos seus apóstolos contidas no capítulo 14 do Evangelho de João:

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco. É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós.”

Essas palavras de Jesus se referem a duas razões pelas quais não devemos nos sentir sozinhos. A primeira é a vinda do Espírito Santo em Pentecostes. Jesus não prometeu uma vinda “única”, mas disse que o Espírito Santo estaria sempre conosco.

Dessa maneira, podemos ter certeza de que o Espírito Santo está conosco enquanto lemos essas palavras. O Espírito Santo está com você como um guia e companheiro constante ao longo da jornada da vida!

Em segundo lugar, Jesus promete que voltará a nós. Isso pode ser interpretado de várias maneiras, como a vinda de Jesus no fim dos tempos, mas também pode se referir à presença de Jesus na Eucaristia. Jesus queria estar ao nosso lado a cada passo do caminho e até estar dentro de nós de uma maneira especial, que é possibilitada pela Eucaristia.

Se conseguirmos enxergar o mundo com os olhos da fé, nunca nos sentiremos sozinhos. Por isso, devemos tentar colocar todos os nossos medos, esperanças e preocupações nos braços de Jesus, que nunca nos deixará órfãos neste mundo.

Boletim
Receba Aleteia todo dia