Aleteia

Corte seu próprio cabelo na quarentena

MEN
SHUTTERSTOCK
Compartilhar

Máquinas são aliadas dos homens, tesouras profissionais das mulheres 

Quando o assunto é cortar o cabelo durante a quarentena, vale a mesma lógica de quando se fala em sair de casa: se puder, evite. Mas, como já nos aproximamos da décima semana de distanciamento social, quando os cabelos começam a ficar difíceis de manter penteados, começam a cair no rosto ou incomodar por qualquer outro motivo, pode ser o caso de se resolver com as próprias mãos. Ainda mais que, durante a quarentena, recomenda-se fazer o possível para manter a autoestima elevada.

Eu, por exemplo, sempre tive desejo de cortar o cabelo estilo moicano, como Robert de Niro no filme Taxi Driver. Nunca o tinha feito, por temer causar estranhamento no convívio profissional e social, mas, bem, como estou praticamente há dois meses sem ver outra pessoa, me pareceu o momento apropriado. 

Usei a máquina, diretamente com a lâmina no meu couro cabeludo, pelas laterais, deixando aquele montante de cabelo no meio da cabeça. Estava ficando ótimo, mas perto da nuca, quando estava prestes a terminar, errei a mão e o moicano ficou torto. Não hesitei em passar a máquina em tudo, portanto fica a dica: em tempos de pandemia, a máquina é uma aliada. Se você errar o seu corte, ela estará ali para salvar. E com pentes, de 1 a 5, para você optar se quer deixar a cabeça lisinha ou apenas deixar o cabelo mais aparado. Este tutorial no YouTube dá algumas dicas de cortes masculinos usando a máquina: https://www.youtube.com/watch?v=DTNOOLGwMEo

Para as mulheres, a possibilidade de cortar o próprio cabelo deve ser ponderada ao quíntuplo, uma vez que qualquer deslize ficará mais difícil de consertar. Um primeiro cuidado deve ser ter a tesoura apropriada, uma vez que artigos de escritório ou de cozinha tendem a ser imprecisos. Uma escova profissional corta fio a fio. 

Outra dica é só cortar os cabelos molhados. Embora eles secos nos deem a ilusão de controle, de que poderemos visualizar melhor os resultados, a tesoura tende a escorregar e fica mais difícil ter uma visão homogênea. Corte sempre com os cabelos molhados. No entanto, vá com calma, pois os cabelos secos tendem a ficar mais curtos do que molhados.

Também vale ir aos poucos, cortando pouco nas primeiras vezes e ir aumentando conforme for se sentindo mais confortável com a tesoura. E não é a hora de testar mudanças mais radicais – pelo menos para as mulheres. 

Faça o corte em pé, de frente para o espelho, pois com o rosto de lado  o corte pode acabar ficando torto. Mantenha a atenção para as medidas, quantos dedos está cortando de cada lado, e repita no outro lado da cabeça. Para cabelos mais curtos, vale arriscar ir cortando mecha a mecha. Use o indicador e o dedo médio para segurar cada mecha, com firmeza.

Neste vídeo, a blogueira e ex-cabelereira Carol Bertolini dá mais dicas para as mulheres: https://www.youtube.com/watch?v=ME8jPJnoVg0

Capriche. 

 

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia