Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Atualidade

Imigrantes latino-americanos afetados por pandemia no Chile imploram por repatriação

CHILE

Arzobispado de Santiago

Agências de Notícias - publicado em 03/06/20

As comunidades mais numerosas são a venezuelana e a peruana, que reúnem cerca de 400.000 pessoas

Mais de mil imigrantes latino-americanos passam frio e necessidades há dias em acampamentos improvisados do lado de fora de seus consulados em Santiago. Eles aguardam uma solução para retornar a seus países, depois que a pandemia arruinou seus sonhos de prosperidade no Chile.

Com a proximidade do inverno no hemisfério sul, noites com temperaturas entre 4 e 7 graus Celsius e a disseminação de coronavírus em expansão, os migrantes de países como Colômbia, Bolívia, Equador, Peru e Venezuela se cuidam como podem.

Entre as barracas montadas nos bairros residenciais de Santiago, as comunidades bolivianas e colombianas designaram líderes e medem a temperatura por grupos.

Em frente à delegação boliviana, onde mais de 300 cidadãos pedem ajuda, foram instaladas pias portáteis para cumprir as medidas sanitárias exigidas nestes tempos.

A vulnerabilidade dos imigrantes, especialmente os bolivianos que trabalham temporariamente no setor agrícola, ou peruanos, colombianos e venezuelanos que trabalhavam no setor de serviços e comércio, foi exposta especialmente em Santiago, onde em 15 de maio o governo decretou uma quarentena total que paralisou grande parte do comércio.

“Uma pequena ajuda para meu retorno à Venezuela”, diziam faixas carregadas por jovens casais nos semáforos e esquinas da capital chilena, onde a mobilidade das pessoas foi reduzida por uma pandemia que totaliza quase 110.000 casos e se aproxima de 1.200 mortes.

“São pessoas com recursos limitados que precisam retornar aos seus países e não podem não porque o Chile não abre suas fronteiras para eles, mas porque seus países bloquearam seu retorno”, disse o ministro das Relações Exteriores, Teodoro Ribera, nesta terça-feira.

No caso da Colômbia, aproveitando um avião que busca chilenos bloqueados, a expectativa é de que nos próximos dias cerca de 200 colombianos possam retornar ao seu país.

Nos últimos anos, o Chile vivencia um crescimento explosivo na migração, que hoje atinge cerca de 1,5 milhão de pessoas, atraídas principalmente pela estabilidade política e econômica.

As comunidades mais numerosas são a venezuelana e a peruana, que reúnem cerca de 400.000 pessoas.

– Resgatados pela pandemia –

Entre os venezuelanos, um homem de 40 anos morreu nesta terça-feira com sintomas de coronavírus em um abrigo onde mais de 120 imigrantes aguardavam uma resposta do governo Nicolás Maduro para retornar a Caracas.

Em outro ponto de Providencia, setor residencial e comercial de Santiago, os bolivianos esperam há semanas.

“Por causa da pandemia ficamos presos, tentamos retornar ao nosso país, onde infelizmente não fomos ouvidos por nossas autoridades”, disse à AFP Reinaldo Choque, fruticultor que tenta desde abril voltar a Cochabamba, na Bolívia central.

Felipe Guevara, governante da Região Metropolitana de Santiago, onde vivem sete dos quase 18 milhões de habitantes do país, disse nesta terça-feira que, dada a situação urgente desses imigrantes, a cidade está fornecendo abrigos em escolas e igrejas e também ajudando o corpo diplomático de seus países a oferecerem uma solução.

“Até agora, o caso mais complicado é dos venezuelanos devido à falta de resposta de seu governo”, disse ele.

– Sem nada e à deriva –

Embora as passagens de fronteira com o Peru e a Bolívia estejam a mais de 2.000 km de Santiago, algumas centenas de imigrantes puderam retornar por terra nas últimas semanas após negociações difíceis com suas respectivas autoridades, que fecharam as fronteiras devido à pandemia até mesmo para seus cidadãos.

No entanto, para quem quer voltar para casa na Colômbia ou na Venezuela, a opção é apenas de avião.

“Estamos esperando, à deriva, que o presidente (Iván Duque) fale, nos dê uma resposta para alguma coisa, colabore conosco com um voo, porque estamos aqui há quase um mês e não temos como pagar por um voo, nem sequer temos lugar para viver “, disse Karen Mosquera, garçonete de 29 anos, mãe de um bebê de um ano, que perdeu o emprego na crise.

“O governo Duque não se manifestou”, lamenta ao afirmar que o consulado colombiano também fechou suas portas para ela e a única resposta que receberam é que “um voo humanitário também tem que ser pago”. Por todas essas razões “decidimos não sair daqui e pressionar”, concluiu.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia