Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconCuriosidades
line break icon

Sabia que o sorvete de casquinha surgiu por causa de uma epidemia?

GIRL, EAT, ICE CREAM

Kseniia Perminova | Shutterstock

Reportagem local - publicado em 04/06/20

Antes das casquinhas como conhecemos hoje, o sorvete era servido em copos de vidro reutilizáveis - uma fonte de vírus e bactérias, segundo as autoridades de saúde

Imprescindível no verão, o sorvete, tal qual conhecemos hoje, é uma invenção recente. Até o século 18 não existia tecnologia necessária para produzi-lo, e o sorvete era um luxo encontrá-lo apenas nas cortes reais.

Porém, quando foi inventado o refrigerador, o problema da produção em massa dessa sobremesa foi resolvido. Mas surgiu outra questão: como transportar o sorvete para o consumo individual? Por isso, durante mais de cem anos, elecontinuou restrito ao consumo em locais seletos, como as padarias.

No começo do século XX, finalmente, surgem os primeiros carrinhos de sorvete e o consumo do produto começa a se popularizar. Mas ainda persistia o problema do transporte individual e da maneira de servir. A solução adotada foi a produção de copinhos de vidro – chamados na Inglaterra depenny lick, pois custavam apenas um centavo (“penny”, em inglês).

Depois de serem consumidos por um cliente, o copinho era lavado e reutilizado, como explica Robin Weir, autor do livro Penny Licks and Hokey Pokey, Ice Cream Before the Cone, que conta a história do sorvete.

No entanto,durante as epidemias de cólera e tuberculose, os penny lick (e outras soluções parecidas adotadas em outros lugares da Europa) foram tidos como uma potentefonte de contágio e transmissão de doenças.

As autoridades proibiram o uso dos copinhos de vidro na pandemia de gripe espanhola, em 1919. Em meados dos anos 20, praticamente toda a Europa tornou obrigatório o uso de cones feitos com massa de farinha, a casquinha como conhecemos hoje, que, embora existisse desde 1903, era considerada muito frágil pelos sorveteiros.

Neste caso, foi a legislação que obrigou os sorveteiros a se conformarem com os cones de casquinha, dando origem a uma das sobremesas mais tradicionais em todo o mundo hoje em dia.

Em meio a grandes tragédias, como as pandemias, também surgem avanços inesperados!

Artigo originalmente publicado por Una Penna Spuntata, traduzido e adaptado por Aleteia Português. 


ICE CREAM,GELATO

Leia também:
Todo papa adora sorvete. Veja os sabores favoritos dos 3 últimos pontífices

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
HistóriaSaúde
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia