Aleteia

Papa: “Não podemos pretender ser saudáveis num mundo doente”

Mazur catholicnews.org.uk - Angela Sevin-cc
Compartilhar

“Não é hora de continuar olhando para o outro lado, indiferentes aos sinais de um planeta que está sendo saqueado e violado, pela avidez da ganância e, muitas vezes, em nome do progresso”

Por conta do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta sexta, 5, o Papa Francisco enviou uma carta ao presidente da Colômbia, Iván Duque, para compartilhar reflexões sobre a responsabilidade humana em cuidar da criação.

Eis algumas passagens da correspondência:

“A proteção do meio ambiente e o respeito pela biodiversidade do planeta são temas que dizem respeito a todos nós.

Não podemos pretender ser saudáveis num mundo doente. As feridas causadas à nossa mãe terra são feridas que também sangram em nós.

O cuidado dos ecossistemas precisa olhar para o futuro, não ficar apenas no imediato, na busca de um lucro rápido e fácil; um olhar cheio de vida e que procure a preservação em benefício de todos.

A nossa atitude em relação ao presente do planeta deve nos comprometer e nos tornar testemunhas da gravidade da situação. Não podemos ficar calados diante do clamor quando comprovamos os custos altos demais da destruição e exploração do ecossistema. Não é hora de continuar olhando para o outro lado, indiferentes aos sinais de um planeta que está sendo saqueado e violado, pela avidez da ganância e, muitas vezes, em nome do progresso.

Está em nós a possibilidade de reverter a marcha e apostar num mundo melhor, mais saudável, para deixá-lo como herança às gerações futuras. Tudo depende de nós, se realmente desejamos isto”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia