Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Atualidade

Antídoto contra o caos

CHILDREN, PRAY, ROSARY

KOBRYN TARAS | Shutterstock

Vanderlei de Lima - publicado em 07/06/20

O primeiro ponto é a oração. Não há onda de mal que resista ao poder de Deus

Prezado(a) leitor(a), o Brasil tende – se realmente houver um avanço significativo dos “baderneiros” – a rumar para um caos que prejudicará, de modo muito direto, você e seus entes queridos. O objetivo deste artigo é oferecer pistas de reações sadias e eficazes dentro da lei e da ordem ante esse cenário sombrio.

O primeiro ponto é a oração. Não há onda de mal que resista ao poder de Deus (cf. Rm 8,31). Reze, pois, o terço, faça um momento de oração diante do Santíssimo Sacramento, frequente os sacramentos (se na sua região já houver alguma sacerdotes atendendo), especialmente o da Reconciliação e o da Eucaristia e, sobretudo, nunca se esqueça de Nossa Senhora: a mulher que Deus escolheu para ser digna mãe do seu Filho (cf. Lc 1,30-31) e é a via mais fácil para se chegar até Ele (cf. Jo 2,1-11). Aliás, São Maximiliano Kolbe ensinou: “Confiemos na Imaculada, coloquemo-nos verdadeiramente em suas mãos, e Ela continuará a vencer as batalhas de Deus, como em Lepanto, como em Viena. A Imaculada, em seu ilimitado e respeitoso amor, luta nas batalhas de Deus para vencer o mal e triunfar o bem, esmaga a cabeça do monstro infernal e destrói todas as heresias do mundo inteiro” (Catolicismo n. 832, abril de 2020, p. 38).

O segundo é saber que o mal, aparentemente dividido, se une, sob misteriosas vozes de comando ou palavras de ordem, contra o bem. Há nas pessoas más de todo tipo, segundo São João Bosco, um como que instinto diabólico de atração e união para fazer marchar o caos: “No que se refere aos maus, direi apenas uma coisa, que talvez pareça inverossímil, mas que é verdade certa, tal qual a digo: suponhamos que entre 500 alunos de um colégio haja um de vida depravada; chega depois um novo aluno pervertido; são de regiões e lugares diferentes, até de nacionalidades diversas, estão em cursos e lugares diferentes, nunca se viram nem se conheceram; apesar de tudo isto, no segundo dia de estadia no colégio, e talvez após algumas horas, vê-los-eis juntos durante o recreio. Parece que um espírito mau os faz adivinhar quem está manchado de sua mesma obscuridade, ou então é como se um ímã demoníaco os atraísse para travar íntima amizade. O ‘dize-me com quem andas e te direi quem és’ é um meio facílimo de dar com as ovelhas sarnentas, antes que se transformem em lobos rapaces” (Biografia de Don Bosco. Madri: BAC, 1955, p. 457-458).

O terceiro o (a) convida a jamais ser cúmplice do mal. Se souber de algo ilícito contra a paz e a ordem, proteja-se, mas também denuncie anonimamente a conjuração às Polícias Militar (190), Civil (181) ou Guarda Civil Municipal (153). Lembre-se de que para uma intervenção instantânea o correto é ligar no 190 ou no 153. 

O quarto é a valorização das forças policiais em geral. Além de um respeitoso cumprimento, busque saber e auxiliar nas possíveis necessidades que a instituição ou alguns de seus membros eventualmente tenham. Afinal, eles ofertam a própria vida, se preciso for, para salvar a do próximo (cf. Jo 15,13).

O quinto é o conhecimento do direito natural, moral e legal que você tem à legítima defesa própria ou de terceiros (cf. Catecismo da Igreja Católica n. 2263-2266; Código Penal Brasileiro, 1940, art. 25) e de sua legítima propriedade (Constituição Federal, Art. 5º, inc. XI, e Código Penal, art. 150). Quem, por legítima defesa, tiver de tirar a vida do injusto agressor não comete pecado, pois foi o criminoso quem, ao sair para atentar contra a vida e os bens alheios, pôs a sua própria existência em risco (cf. Catecismo da Igreja Católica n. 2264; João Paulo II. Evangelium vitae, 1995, n. 55).

O sexto e último ponto refere-se às eleições municipais deste ano. Importa não votar em partidos e/ou candidatos defensores do comunismo, do socialismo, do abortismo e do caos em quaisquer de suas modalidades, dado que, sob capa de democracia e paz, visa-se levar ao poder, em nosso país, a ditadura vermelha mais genocida da história (cf. VV. AA. O Livro negro do comunismo: crimes, terror e repressão.Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999).

Eis, pois, um bom antídoto contra o caos esquerdista que ameaça o Brasil!

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
CHILE
Reportagem local
Duas igrejas são incendiadas durante protesto...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia