Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Outubro |
Santos Filipe e Hermes
Aleteia logo
home iconCultura e Viagem
line break icon

Os santuários urbanos onde os católicos italianos param para rezar

NAPLES STREET SHRINES

Photo courtesy of Carol Murray

V. M. Traverso - publicado em 12/06/20

Nápoles é conhecida pelos santuários de rua em homenagem a Maria e aos santos locais

Quando pensamos em Nápoles, a costa de Amalfi ou o vulcão Vesúvio podem vir à mente. Mas para os católicos, Nápoles é um lugar especial porque os cidadãos podem rezar em quase todas as esquinas.

Nos diferentes bairros, você verá que os prédios ou os pátios internos costumam hospedar “edicole votive”, literalmente “santuários votivos”, uma série de pequenas estruturas côncavas que abrigam estátuas católicas, de Maria a São Januário, padroeiro de Nápoles.

Cada santuário votivo leva inscrita a data em que foi erguido e o motivo de sua criação (gratidão, graça, fé, cura etc.). Longe de fazer parte apenas da paisagem, eles são animados locais de culto, com os transeuntes parando para acender velas ou deixando lindas flores.

Por que esses “santuários urbanos” são tão populares em Nápoles?

Segundo uma explicação popular, os santuários votivos de Nápoles são uma criação de Gregorio Maria Rocco, um frade dominicano do século 18 conhecido por sua luta contra a pobreza na cidade.

Em meados do século XVIII, Rocco procurava uma maneira de tornar as ruas de Nápoles mais seguras à noite. Ele achava que incentivar a criação de santuários iluminados por lâmpadas de óleo poderia transformar as ruas em locais de oração e afastar os ladrões.

Os napolitanos, famosos por seu respeito e devoção por diferentes santos, ficaram felizes em seguir seu conselho.

Eles fizeram uso de espaços côncavos nos edifícios e os transformaram em santuários decorados.

À noite, esses santuários eram iluminados por lâmpadas a óleo, fornecendo a necessária iluminação da rua.

De fato, as ruas de Nápoles foram iluminadas por esses santuários católicos, e o crime nas ruas diminuiu – talvez por causa da luz ou por causa de intervenção espiritual. Ou ambas.

Tags:
DevoçãoMariaSantosSantuáriosViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
3
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
6
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
7
JESUS
O São Paulo
Que os mortos enterrem seus mortos: o que Jesus quis dizer com is...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia