Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 14 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Não sinta culpa quando você não consegue impedir os outros de se destruírem

SAD, COUPLE, KISS

Ollyy | Shutterstock

Pe. José Eduardo - publicado em 24/06/20

Você pode (e deve) aconselhar e dizer o que precisa ser dito, mas não pode atropelar a liberdade obstinada do outro

O pe. José Eduardo Oliveira publicou em seu perfil no Facebook um importante conselho para quem se sente “culpado” ao não conseguir ajudar os outros a pararem de fazer mal a si próprios. Ele anota o conselho em forma de oração, como palavras que sente que Cristo lhe inspira:

Tira dos teus ombros o peso desta culpa por não conseguires impedir os outros de se destruírem. A tua missão tens cumprido: alertas, aconselhas, corriges, dizes tudo que precisa ser dito, e com carinho, com amor sobrenatural, mas nada podes contra aquela liberdade obstinada. É uma cegueira! Quero que percebas que aquilo que não podes pela ação, podes pela oração. Precisas desapegar-te, confiar em mim e entregar totalmente esta vida em minhas mãos, pois este fardo já não é mais teu. Eu sei que não és capaz de fazê-lo e, por isso, eu te concedo hoje a confiança necessária para que esqueças em minhas mãos toda esta demanda. É chegada a hora de mudares de direção. Será que já não sentes o vento do meu Espírito roçando o teu ser e te levando para o outro lado?…



Leia também:
Oração de confiança e súplica diante das coisas que não deram ou não dão certo

Tags:
ConfiançaliberdadeOração
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia