Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

A ilha em que foi escrito o Apocalipse

Patmos

Wikimedia Commons / CC

Reportagem local - publicado em 29/06/20

A tradição local identifica na ilha uma caverna onde São João teria recebido a revelação divina que deu origem ao livro mais misterioso da Bíblia

A pequena ilha de Patmos fica na Grécia e faz parte do arquipélago do Dodecaneso, no mar Egeu. Foi nessa ilha que o apóstolo São João Evangelista escreveu o livro do Apocalipse ou Revelação, que é o último do Novo Testamento e um dos mais misteriosos de todo o conjunto das Sagradas Escrituras.

De acordo com a tradição, mencionada pelos santos Irineu, Eusébio e Jerônimo, São João tinha sido exilado na ilha de Patmos no ano 91 ou 96 d.C., época do sanguinário imperador romano Domiciano, que veio a se tornar um grande perseguidor dos cristãos.

A tradição local identifica, nessa ilha, uma caverna onde São João teria recebido a revelação divina que deu origem ao livro. Conhecida hoje como Caverna do Apocalipse, ela é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, juntamente com o Mosteiro de São João Teólogo, também situado em Patmos.

São João de Patmos, São João Evangelista e São João Teólogo são três denominações comumente atribuídas ao mesmo João, que era um dos doze Apóstolos de Cristo. No entanto, algumas correntes de menor respaldo acreditam que se trata de três pessoas diferentes.

A teóloga Adela Collins, no verbete “Patmos” do Harper’s Bible Dictionary, observa:

“A tradição mais primitiva afirma que João foi banido para Patmos pelas autoridades romanas. Esta tradição é crível porque o banimento era uma punição comum durante o período imperial para diversos tipos de ofensas. Entre elas, estavam a prática da magia e da astrologia. A profecia era vista pelos romanos como estando nesta mesma categoria, seja ela pagã, judaica ou cristã. A profecia com implicações políticas, como a expressada no Apocalipse, seria percebida como ameaça à ordem e ao poder político romano”.
Domaine Public

O autor do livro do Apocalipse faz já no primeiro capítulo a seguinte menção a si próprio e à sua estada na ilha de Patmos:

“Eu, João, irmão vosso e companheiro convosco na aflição, no reino e na perseverança em Jesus, estava na ilha chamada Patmos por causa da Palavra de Deus e do testemunho de Jesus. Fui arrebatado em espírito no dia do Senhor e ouvi por detrás de mim uma grande voz, como de trombeta, que dizia: O que vês, escreve-o num livro e envia-o às sete igrejas: a Éfeso, a Esmirna, a Pérgamo, a Tiatira, a Sardes, a Filadélfia e a Laodiceia”.

Símbolos

A respeito dos muitos símbolos que chamam as atenções no livro do Apocalipse, confira o seguinte artigo recomendado:


símbolos Apocalipse

Leia também:
O que significam os misteriosos símbolos, números e cores do Apocalipse?

Tags:
BíbliaSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
7
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia