Aleteia

Arcebispo faz exorcismo no local onde estátua de santo foi vandalizada

JUNIPERO SERRA
Compartilhar

Católicos rezam o Santo Rosário no mesmo lugar em que vândalos derrubaram a imagem de São Junípero

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

Dom Salvatore Cordilone esteve à frente de uma celebração muito especial. No Golden Gate Park, junto com um grupo de fiéis e sem se importar com o mau tempo, o arcebispo de São Francisco (Estados Unidos) rezou o Santo Rosário e fez uma oração de exorcismo. Aqui estão as imagens do que aconteceu:

“[A estátua] foi derrubada de forma blasfema. Um ato de sacrilégio ocorreu aqui, que é um ato do maligno. O mal estava presente aqui”, disse o arcebispo, referindo-se à ação de cerca de 100 vândalos que derrubaram a estátua, acusando o santo de maltratar índios americanos nativos.

O ato, realizado em 27 de junho, foi realizado para “rezar a Deus, pedir a intercessão dos santos e, especialmente, a nossa Santa Mãe, em um ato de reparação, pedindo a misericórdia de Deus por nós, em toda a cidade, para que voltemos nossos corações a Ele”, disse Dom Salvatore Cordilone. “Viemos rezar o Terço, o Terço tem o poder até de mudar a história”.

Em defesa de San Junípero Serra

Não é o primeiro ato em defesa do santo que ocorre nos Estados Unidos. Em Ventura, uma cidade costeira a noroeste de Los Angeles, vândalos queriam derrubar a estátua de São Junípero. Eles vieram com faixas que diziam: “Padre Genocida”.

O que eles não contavam era com a presença do padre Elewaut e de um grupo de apoiadores que estavam rezando o Terço no local naquele momento. Os fiéis fizeram um escudo humano ao redor da estátua de bronze de São Junípero, defendendo a herança cultural e espiritual da Califórnia.

Boletim
Receba Aleteia todo dia