Aleteia

Fiéis do Rio de Janeiro poderão voltar à Missa neste fim de semana

Rio de Janeiro Brazil
Public Domain
Compartilhar

Retomada das celebrações com a presença do povo seguirá protocolo de prevenção ao contágio do novo coronavírus

A Arquidiocese do Rio de Janeiro anunciou a retomada das celebrações com fiéis a partir do dia 4 de julho. Um decreto da prefeitura do Rio permitiu a reabertura das igrejas e templos, desde que sejam tomadas medidas de prevenção ao novo coronavírus.

De acordo com a Arquidiocese, 273 paróquias, santuários e capelas voltarão a celebrar Missas com a presença de fiéis a partir desde fim de semana.

Desde o dia 20 de março os fiéis não podem acompanhar as celebrações no Rio por causa da pandemia do novo coronavírus. As Missas estavam sendo transmitidas pela internet, rádio e alguns canais de TV.

Medidas de prevenção

Para retomar as celebrações, a Arquidiocese elaborou um protocolo para garantir as medidas de segurança e prevenção ao coronavírus. De acordo com o documento, a ocupação das igrejas deverá ser apenas de 30% de sua capacidade, o uso de máscara será obrigatório, assim como a aferição da temperatura corporal. Os fiéis ainda terão que respeitar o distanciamento de 2 metros entre as pessoas. As paróquias devem aumentar o número de Missas para atender o maior número de fiéis.

A Arquidiocese também se comprometeu a promover a  higienização completa dos banheiros e das igrejas antes de cada Missa, mas sugeriu que idosos e pessoas de grupos de risco continuem assistindo às celebrações pela TV, rádios ou internet.

Música especial para a retomada

Para marcar o retorno dos fiéis à Eucaristia, foi lançada a música “De volta à Santa Missa”, uma iniciativa do Seminário Arquidiocesano São José. A canção deve ser executada no Canto da Comunhão ou de Ação de Graças em todas as paróquias. (Clique aqui para ouvir a música).

Retomada em São Paulo

A Arquidiocese de São Paulo retomou as celebrações com a presença do povo no mês de junho, depois de receber a autorização da prefeitura e estabelecer um protocolo com medidas de prevenção ao contágio do novo coronavírus.

Para saber como e quando deve ser a retomada das celebrações públicas em outras partes do país, clique aqui.

 

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia