Aleteia

Igreja contabiliza estragos causados por ciclone no sul do Brasil

Compartilhar

Só em uma paróquia há registros de 20 igrejas que ficaram destruídas por causa dos fortes ventos

O “ciclone bomba” que atingiu os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e Paraná no dia 30 de junho de 2020 deixou um rastro de destruição. Ventos com mais de 130 km/h causaram estragos em 100 cidades e deixaram pelo menos nove mortos. Muitas famílias perderam suas casas.

Igrejas e paróquias

Em Santa Catarina, dezenas de igrejas sofreram danos por causa das fortes rajadas de vento. Uma das mais atingidas foi a matriz da paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, em Governador Celso Ramos, SC. A igreja e o salão paroquial recentemente reformado ficaram destruídos.

Geplaatst door Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes op Donderdag 2 juli 2020

Na Diocese de Joinville, norte do estado de Santa Catarina, pelo menos 20 paróquias relataram ter igrejas atingidas pelo ciclone. Em Garuva, SC, a casa paroquial praticamente veio abaixo.

Solidariedade

A Cáritas Brasileira, um organismo da CNBB, está realizando um diagnóstico da realidade de cada região atingida. “Uma de nossas áreas de atuação está ligada ao meio ambiente e gestão de riscos e emergências. Na Grande Florianópolis, estamos acompanhando mais de perto a ocupação urbana Mestre Moa, no município de Palhoça (SC). Com cerca de 30 famílias morando de forma precária, a comunidade foi atingida com quedas de árvores e destelhamentos de casas. A Cáritas está colaborando diretamente com a doação de telhas para a comunidade”, declarou Gelson Nezi, secretário-executivo da Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina, ao site da CNBB.

Nezi disse ainda que a Rede não está programando uma nova campanha de doações para os atingidos, levando em conta que a Igreja no Brasil já possui em andamento a Ação Emergencial Solidária ‘É Tempo de Cuidar’. Quem puder ajudar, pode procurar as paróquias e comunidades, além dos escritórios diocesanos da Cáritas.

 

Geplaatst door Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes op Donderdag 2 juli 2020

Com informações da CNBB

Boletim
Receba Aleteia todo dia