Aleteia
Terça-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Estilo de vida

Quarentena é oportunidade para exercitar dotes artísticos 

crazystocker / Shutterstock.com

Octavio Messias - publicado em 15/07/20

Tocar música, desenhar, pintar, escrever… Aproveite esse tempo para se revelar 

“O senhor sabe o que é o silêncio, é? É a gente mesmo, demais”, escreveu Guimarães Rosa, na voz do narrador Riobaldo, em Grande Sertão: Veredas (1956). Embora eu tenha lido essa obra-prima da literatura brasileira 15 anos atrás, tal fala voltou a mim de maneira impactante durante a quarentena, quando mais me encontro em silêncio. 

E o que brota em meio a esse silêncio senão eu mesmo, com tempo e espaço para vir à tona? Acredito que isso aconteça com a maioria das pessoas e por isso, para grande parte delas, o silêncio seja incômodo, pois tem a potência de trazer à tona aquilo que estava adormecido, aquilo que muitas vezes não queremos ou não nos damos ao trabalho de enxergar.

Com o silêncio, me vi de volta ao momento em que eu estava antes de todo o “barulho” da vida começar: a adolescência. Eu não ficava tanto tempo fechado em um cômodo comigo mesmo por tanto tempo desde os meus 16 ou 17 anos e, de alguma forma, venho me sentindo mais em contato comigo mesmo, mais próximo dos meus “silêncios”, como naquela época. 

E o que eu costumava fazer com aquele silêncio todo? Acabava com ele de maneira desleal por meio de uma guitarra conectada a um potente amplificador, que eu tocava por horas e horas a fio. E agora, talvez sem saber muito bem o que fazer com o meu silêncio atual, resolvi retomar o hábito da juventude e voltei a praticar guitarra depois de 11 anos sem tocar no instrumento. 

A experiência tem sido terapêutica e até mesmo catártica, uma hora do meu dia em que exerço a criatividade sem refletir sobre a vida, sobre a pandemia, sobre o que o silêncio tem a me dizer. Cheguei até a me sentir culpado, como um adolescente que, de má-fé, ignora questões mais sérias e profundas que um dia terá de lidar.    

Conforme fui me familiarizando com o instrumento novamente, relembrando acordes, escalas e progressões, vim reencontrando alguma fluência musical, o que tem se tornado uma forma de expressão artística. O meu silêncio, percebo agora, não foi silenciado, mas amplificado. Sou eu mesmo, demais, agora ligado no amplificador. 

O que o meu silêncio tinha a me dizer, na verdade, era que eu me reencontrasse comigo mesmo, seja em silêncio contemplativo, seja por meio de uma guitarra barulhenta em alto volume. Algo que não seria possível, em meio às atribuições do dia a dia, não fosse a quarentena. 

O que me leva a imaginar que todos tenhamos ímpetos e volições adormecidos e que agora, com a pandemia, se tornam evidentes. Talvez a sua válvula de escape, a sua maneira de manifestar o silêncio, não seja através de um instrumento musical, mas por meio da pintura, do desenho, da escrita, da fotografia. Basta escutar o que o seu silêncio tem a te dizer. 

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
ArteCoronavírusMúsicaPandemia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Ellen Mady
Para Jesus não existe novena melhor do que es...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
ícone São Lucas Nossa Senhora Jesus médico
Reportagem local
Oração a São Lucas, evangelista e médico, pel...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
JENNIFER CHRISTIE
Jennifer Christie
Fui estuprada numa viagem a trabalho - e meu ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia