Aleteia

Por que São Roque é o santo padroeiro dos cachorros?

SAINT ROCH
Compartilhar

São Roque é o santo padroeiro dos cães porque um cachorro lambeu suas feridas e lhe trouxe pão enquanto ele estava sofrendo da peste

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

O cão é conhecido como o “melhor amigo do homem” há séculos, e até muitos santos foram ajudados por cachorros quando precisavam.

Por exemplo, há uma história popular da vida de São Roque que acabou legando a ele o título de “santo padroeiro dos cachorros”.

No século 14, São Roque se dedicou a ajudar os doentes que estavam sofrendo da praga. Ele visitou muitas cidades italianas e, por fim, acabou contraindo a doença que estava combatendo.

Com medo de infectar os outros, São Roque se isolou na floresta. Lá, ele estava morrendo lentamente, mas Deus veio em seu apoio, enviando-lhe um cachorro.

Esse cachorro lambia suas feridas e lhe trazia pão todos os dias, enquanto São Roque esteve em isolamento. É por isso que esse santo é frequentemente retratado em pinturas junto a um cachorro.

Depois de um certo tempo, São Roque se curou da doença e depois deu prosseguimento a seu ministério de curar os doentes.

Para quem gosta de cachorro, São Roque é um intercessor digno, que pode cuidar e proteger seu amado animal de estimação.

Boletim
Receba Aleteia todo dia