Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 03 Agosto |
home iconAtualidade
line break icon

Pe. Zezinho: sobre cônjuge ameaçado e cônjuges selvagens

ROZWÓD

Brian A Jackson | Shutterstock

Aleteia Brasil - publicado em 14/08/20

"Ninguém se casa para viver prisioneiro"

O pe. Zezinho se manifestou via rede social a respeito da violência no casamento. Ele observa que, embora também haja casos em que as mulheres são a parte violenta e agressiva contra o homem, na maioria dos casos é o homem quem agride a mulher. O padre apresenta as suas considerações pessoais sobre esta situação:

Em geral quem mais ameaça é o homem e quem mais bate, escraviza e mata é o macho que não consegue consegue conviver sem controlar mulher e filhos. Estatísticas no mundo inteiro revelam que conquistas amorosas para criar um lar, depois de algum tempo, tornam-se prisões. Em geral o carrasco é o homem. Psicólogos explicam e até ajudam quando o agressor aceita ajuda – o que raramente acontece! A prisão doméstica, às vezes, de tortura mental torna-se tortura física e sexual. E se ela procura os irmãos ou os pais, ele não desiste da mulher e a transforma em presa ameaçada todos os dias. O lar torna-se masmorra. Há mulheres corajosas que se libertam, mas há ex-maridos que enlouquecem e desafiam juiz, polícia e covardemente decretam que quem não quer mais viver com eles terá de viver com medo. As tragédias familiares acontecem quando o macho enlouquece. Há mais de 40 situações que psicólogos e psiquiatras detectam quando o macho dominador se acha dono da mulher que um dia ele disse que amava. Nas igrejas, os conselheiros explicam que tal dominação deixou de ser sadia. Se houver separação, quem a causou pela violência é o culpado. Os juízes e advogados tentam defender a vítima. Às vezes, a parte cruel é a esposa, mas, na quase totalidade dos conflitos, o culpado é o homem que não mais vê a mulher como esposa e sim como objeto de posse. Padre e pastor não resolvem isto. Em geral as autoridades resolvem. Mas a loucura da posse leva o macho que enlouqueceu a desafiar todos e todas. Conheci vários casos em que irmãos e tios montaram guarda para proteger a mulher e os filhos, por vários anos. Casamento mal contraído e mal vivido transforma o agressor em besta furiosa e a vítima em pessoa indefesa. Quem crê em milagres sabe que a oração já libertou a vítima de maneira satisfatória e sem violência. Amor que acaba em ódio é união mal resolvida e mal vivida. Só Deus pode mudar um coração agressivo! O fato é que ninguém se casa para viver prisioneiro. A chave é o respeito, o diálogo e a busca de ajuda com quem estudou comportamentos humanos. E oração diária para amansar corações endurecidos!




Leia também:
Nulidade matrimonial: os 7 pontos importantes da reforma de Francisco

Tags:
CasamentoFamíliaViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
4
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
5
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
6
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
7
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia