Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconAtualidade
line break icon

Bispos comunistas

BISKUPI

Jeffrey Bruno/ALETEIA

Dom Julio Endi Akamine - publicado em 16/08/20

Arcebispo explica por que afirmar que há bispos comunistas no Brasil "é uma tremenda besteira"

Há muito tempo – talvez tempo demais – pululam na internet insinuações e acusações de que há bispos comunistas no Brasil. Penso que chegou o momento de afirmar com clareza que isso é uma tremenda besteira. Não recebi delegação para fazer a defesa de quem quer que seja. Nem sei se os argumentos apresentados irão convencer os super-católicos mais católicos do que o Papa que se julgam investidos com o poder de purificar a CNBB de infiltrações vermelhas a serviço de Satanás.

Por isso, prefiro apresentar minha experiência como membro da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) há 9 anos.

A CNBB é formada por bispos com uma grande variedade de posições religiosas e políticas. Nela há também grupos diferentes que se identificam com correntes teológicas diversas, que apoiam políticas diferentes e até mesmo partidos políticos distintos. E isso não é negativo. Pelo contrário, é muito positivo. Afinal, a Igreja Católica não é uma seita. É próprio da seita o pensamento único, a teologia uniforme, a prática política de cabresto. Por isso, a alternativa para o pluralismo da CNBB não é a Igreja Católica, mas a seita de pensamento, prática e política uniformes. A Igreja é católica exatamente porque é una sem ser uniforme.

Entristecem-me os que aceitam a proposta dos profetas de desgraças que querem uma igreja mais parecida com o Partido Comunista que expurga os que se desviam da “sã doutrina”. A história já teve regimes totalitaristas demais. Infelizmente, há pessoas que desejam a volta do totalitarismo envernizado de pureza católica.

É verdade que o pluralismo provoca no episcopado brasileiro tensões e também conflitos. Tive a oportunidade de participar de sessões da Assembleia da CNBB em que o debate foi cerrado, a discussão tensa e o diálogo muito difícil. Graças a Deus, a CNBB é tão plural e diversificada! Dessa forma ela é obrigada – quase condenada – a buscar no diálogo as ações mais acertadas e a se empenhar na leitura dos sinais da ação de Deus na nossa história tão complicada quanto confusa. Posso testemunhar que, mesmo expressando posições diferentes, eu e todos os que fazem seus pronunciamentos somos acolhidos com respeito e com verdade.

Outra coisa que aprendi com os bispos com cujas posições nem sempre concordei é que o diálogo nunca significa renunciar às próprias convicções. Para dialogar, nenhum bispo pede ao outro que abdique de suas convicções (também as políticas). Pelo contrário, todos desejam que as posições sejam claras e que a partir delas o diálogo se enriqueça e proceda para uma convergência. Se o consenso não é possível, o diálogo deve continuar até que as posições se encontrem.

Quando as divergências entre os bispos se tornam públicas, há também os que se regozijam com a divisão da CNBB, a sua ruína e esfacelamento. Mais uma vez, preciso dizer que isso é a mais pura bobagem. As diferenças políticas dos bispos em relação ao PT não levaram à divisão da CNBB nem da Igreja, e não serão as diferentes posições políticas em relação ao atual governo que vão provocar a divisão da Igreja Católica. O PT passou, e o atual governo também vai passar. A Igreja continua.

Alguns podem se lamentar pelo fato de a Igreja não ser uma organização monolítica e perfeitamente alinhada em todas as suas posições. Eles até acreditam que isso existia no passado, antes do Concílio Vaticano II. O que os saudosistas sem causa não compreendem é que essa uniformidade nunca existiu exatamente porque ela não é a unidade que o Espírito Santo forma na Igreja. Basta estudar um pouco o Novo Testamento para se dar conta de que um sadio pluralismo na Igreja sempre existiu (cf. At 6,1-6; 11,1-3; 15,1-2; 1Cor 12,4-31; Gl 2,11-14). O Espírito continuamente está conduzindo a pluralidade para a unidade e disseminando a unidade na pluralidade.

Se alguém quiser uma igreja segundo o modelo da uniformidade que funde uma: basta ir ao cartório e registrar um CNPJ! Mas isso também não é novidade: alguns já o fizeram e não apresentaram uma alternativa que valesse a pena.

(Publicado originalmente no site da Arquidiocese de Sorocaba)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
BisposIdeologiaIgreja Católica
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia