Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 15 Outubro |
Santa Teresa de Jesus (Teresa de Ávila)
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

São João Paulo II e as mazelas do Brasil

Antoine Mekary | ALETEIA

Francisco Borba Ribeiro Neto - publicado em 16/08/20

Dois abaixo-assinados recentes, um de bispos e outro de padres, condenando atitudes do governo Bolsonaro lançaram mais lenha na fogueira

Com suas mazelas políticas, econômicas, culturais e sociais, que – esperamos – vão diminuindo, mas não acabam, o Brasil vê crescer a polarização e o enfrentamento ideológico na sociedade.

O fenômeno se repete no seio da Igreja Católica, que, sendo a confissão religiosa com maior número de praticantes no País, reflete o quadro geral. Acusações de neoliberalismo, fascismo, marxismo cultural e comunismo pipocam em discursos inflamados.

Como todos estão sujeitos ao erro, mas a raiva é má conselheira, as denúncias geralmente se referem a problemas reais; mas as interpretações ideológicas se prestam a manipulações e confusões que também pouco ajudam na construção do bem comum.

Dois abaixo-assinados recentes, um de bispos e outro de padres, condenando atitudes do governo Bolsonaro lançaram mais lenha na fogueira. Muitos acusam os bispos de trair o Evangelho, porque suas críticas se aproximam daquelas feitas pela esquerda.

Nesse contexto, vale a pena rever uma passagem do discurso de São João Paulo II na Favela do Lixão de São Pedro, em sua visita ao Brasil de 1991: “A doutrina social católica repudiou sempre a organização da sociedade baseada num determinado modelo de capitalismo liberal, justamente qualificado de ‘capitalismo selvagem’, que tem como notas dominantes a procura desenfreada do lucro, unida ao desrespeito pelo valor primordial do trabalho e pela dignidade do trabalhador. Esta procura não raro é ‘acompanhada pela corrupção dos poderes públicos e pela difusão de fontes impróprias de enriquecimento e de lucros fáceis, fundados em atividades ilegais’ […] A Igreja repudiou, igualmente, as soluções perversas do coletivismo marxista, que asfixia a liberdade, sufoca a iniciativa, reduz a pessoa humana à condição de simples peça de uma engrenagem, fomenta o ódio e acaba no empobrecimento, que pretendia superar […] É na fidelidade a Cristo, seu Fundador, que a Igreja, sem propor modelos concretos de organização político-social, oferece, ‘como orientação ideal indispensável, a sua doutrina social’ (Centesimus Annus, CA 43)”.

A atualidade do texto chega a ser dolorida. São João Paulo II faz uma denúncia explícita do “capitalismo selvagem” (nos tempos atuais denominado “economia que mata” pelo Papa Francisco na Evangelii gaudium, EG 53). Esse é o foco do trecho, pois o Brasil – objetivamente – é um país de economia capitalista, ainda que o Papa lembre também os limites do “coletivismo marxista”. As novas esquerdas do século XXI são muito diferentes do comunismo do século XX, nem toda a direita pode ser considerada “capitalismo selvagem”. Independentemente disso, fica evidente que São João Paulo II não se esquiva à denúncia das mazelas do País por medo de ser instrumentalizado por um grupo ideológico ou de enfraquecer políticos que considera mais afinados com seu pensamento. 

O Papa acrescenta que a Igreja oferece sua doutrina social “como orientação ideal indispensável”. Essa orientação ideal não chega a propor “modelos concretos”. Essa é a tarefa da reflexão e da atuação dos leigos. Contudo, é na busca por esses modelos concretos – e não num debate ideológico estéril – que os problemas são superados. A denúncia, se não é seguida por propostas realistas e comprometidas com o bem comum, pode ser facilmente esvaziada ou instrumentalizada pela propaganda partidária. Não se pode deixar de fazer a denúncia porque não se tem ainda uma proposta alternativa clara, mas também não se pode fazer a denúncia sem dar o passo seguinte, que é a busca de novos caminhos. Nesse sentido, as cartas dos bispos e padres devem ser lidas pelos leigos, principais protagonistas da ação política (cf. Gaudium et spes 75-76, Compêndio da doutrina social da Igreja, CDSI 81-82), como um convite para buscar com mais afinco os verdadeiros caminhos de construção do bem comum.

Extremistas de ambos os lados negam a realidade, proclamando suas ideologias (quer de direita, quer de esquerda) e se recusando a reconhecer os erros dos correligionários. A mensagem cristã convida a olhar os fatos com realismo, reconhecer erros e acertos de todos os lados, buscar o diálogo para formular propostas realistas de construção do bem comum.

Ainda quanto à pluralidade de posições entre bispos e padres brasileiros, quem quiser poderá ler um ótimo artigo onde Dom Júlio Akamine, arcebispo de Sorocaba, explica com clareza e sinceridade a pluralidade de opiniões entre os bispos, ajudando a compreender melhor o que se passa.

Tags:
BrasilEconomiaPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
2
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
Restauração da imagem de Aparecida por Maria Helena Chartuni
A12
Arrebentada em 200 pedaços: a impactante experiência da restaurad...
5
POPE JOHN JOHN XXIII
Reportagem local
10 anedotas envolvendo o Papa mais engraçado de todos os tempos
6
PE. REGINALDO MANZOTTI
Reportagem local
O “milagre” de Nossa Senhora Aparecida na vida do Padre Reginaldo...
7
MULHER REZANDO
O São Paulo
Rezar deitado: é certo ou errado?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia