Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Espiritualidade

É verdade que os católicos adoram Maria?

PAPIEŻ FRANCISZEK O MARYI

TIZIANA FABI/AFP/East News

Reportagem local - publicado em 20/08/20

Maria é a mãe de Jesus e, por isso, merece respeito. Mas por que os católicos a tratam quase como se ela mesma fosse Deus?

A Igreja ensina que a adoração é reservada somente a Deus. Ainda que não adorem Maria, os católicos a honram por ser a Mãe do nosso Senhor Jesus Cristo e uma fiel serva de Deus.

Os católicos distinguem diversos tipos de veneração, um deles específico para Nossa Senhora.

O Concílio Vaticano II pede que se incentive esta veneração concreta, mas adverte tanto contra o exagero como contra a falta de nobreza de espírito, ao tratar da singular dignidade da Mãe de Deus.

A Igreja Católica distingue três tipos de veneração: “latria” (a adoração devida só a Deus), “dulia” (a honra apropriada aos santos e anjos do céu) e “hiperdulia” (uma honra especial dedicada à Bem-Aventurada Virgem Maria).

Entre “latria” e “dulia” não existe uma diferença de graus, mas sim de tipos: “dulia” e “latria” são tão distantes como a criatura do Criador.

O Concílio Vaticano II afirmou claramente que “criatura alguma jamais poderá ser comparada com o Verbo encarnado e Redentor” (LG 62). Esta afirmação também é válida para a Mãe de Deus: “A Igreja não hesita em confessar esta função subordinada de Maria” (LG 62).

Ainda que o Concílio peça uma veneração apropriada para Maria, que seja incentivada generosamente entre os fiéis, também adverte contra os excessos:

“Aos teólogos e pregadores da palavra de Deus, exorta-os instantemente a evitarem com cuidado, tanto um falso exagero como uma demasiada estreiteza na consideração da dignidade singular da Mãe de Deus. Estudando, sob a orientação do magistério, a Sagrada Escritura, os santos Padres e Doutores, e as liturgias das Igrejas, expliquem como convém as funções e os privilégios da Santíssima Virgem, os quais dizem todos respeito a Cristo, origem de toda a verdade, santidade e piedade. Evitem com cuidado, nas palavras e atitudes, tudo o que possa induzir em erro acerca da autêntica doutrina da Igreja os irmãos separados ou quaisquer outros” (LG 67).

Portanto, a Igreja Católica não incentiva a adoração a Maria. Os possíveis excessos entre os fiéis são contrários ao explícito ensinamento da Igreja e não representam a correta prática católica. Muitos protestantes, receosos pelos excessos da devoção mariana, tendem a ignorar totalmente Maria.

Honrar Nossa Senhora

A Igreja Católica, por outro lado, dá continuidade à tendência das Sagradas Escrituras no que diz respeito a honrar Nossa Senhora.

Encontramos um exemplo em Lucas 1, 28.30: “E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. (…) Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus”.

Outro exemplo em Lucas 1, 41-45:

“E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo. E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre. E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre. Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas”.

Cheia do Espírito Santo, Isabel honra Maria como bendita entre as mulheres; sente-se honrada por estar na presença de Maria, já que ela é a Mãe do nosso Senhor Jesus. Nem o Anjo nem Isabel parecem pecar ao honrar Maria ou diminuir a adoração devida a Deus. Ao invés disso, ambos os exemplos demonstram que este tratamento é apropriado e não menoscaba o culto devido a Deus.

Estas duas passagens são a base da primeira parte da forma mais comum de devoção mariana: a oração da Ave-Maria. A primeira frase da oração – “Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco” – é uma simples e antiga tradução da saudação do Anjo a Nossa Senhora. A seguinte frase – “Bendita sois vós entres as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus” – foi tirada da saudação de Isabel a Maria.

Exemplo de Jesus

Os católicos também seguem o exemplo de Jesus ao honrar Maria.

Em sua obra “Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem”, o escritor do século XVIII, São Luís Maria Grignion de Montfort, destaca que Jesus, não tendo pecado, teria obedecido o quarto mandamento – Honrar pai e mãe – e que, dessa maneira, temos de imitar Jesus honrando devidamente Maria.

Alguns opinam que Lucas 11, 27-28 é um exemplo de como Jesus nega a honra devida a Maria: “E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste. Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam”.

No entanto, sabemos, por outras passagens, que o correto é oferecer um tratamento especial a Maria. E mais: Jesus destaca que a fé de Maria é mais importante que seu papel como Mãe, já que, na última frase da saudação de Isabel, esta diz a Maria: ” Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas” (Lc 1, 45).

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
EucaristiaMariaNossa Senhora
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia