Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconEstilo de vida
line break icon

Esta antiga ponte de pedra pode nos ensinar uma lição sobre resiliência durante uma crise

Tarragona Province

Hemis via AFP

Dolors Massot - publicado em 21/08/20

Vamos construir nossas casas sobre a rocha sólida de Cristo, para que possamos resistir às tempestades

Durante a pandemia, muitos de nós buscamos exemplos de como superar a crise. Como podemos ser fortes e resilientes? Como podemos sair vitoriosos nestes meses de dificuldades pessoais, econômicas e familiares?

A história da ponte na foto abaixo pode ajudar a nos inspirar nesta fase de nossas vidas. Ela foi construída no século XII, no estilo arquitetônico do período românico. Está localizado em Montblanc, uma vila medieval localizada na região da Catalunha, no nordeste da Espanha.

Em outubro de 2019, fortes chuvas fizeram com que o rio Francolí transbordasse. A água da enchente levou tudo em seu caminho – plantações, árvores, casas – ao longo de um trecho de 64 quilômetros. A catástrofe afetou tristemente a comunidade, deixando 4 mortos e 3 desaparecidos.

Na cidade de Montblanc, a enchente causou danos significativos, levando consigo muitos complementos recentes à famosa ponte medieval que atravessa o rio: uma grade e as modrnas estradas em ambos os lados da ponte.

Surpreendentemente, a própria ponte de pedra com mais de 800 anos resistiu à força das águas. Nem o dilúvio, nem os troncos, pedras e destroços carregados pela correnteza puderam derrubar esta antiga construção.

Mas qual é a moral desta história? O que podemos aprender com ela?

A ponte foi construída com pedras, um material resistente. Eram pesadas e difíceis de mover, mas os construtores consideraram que valia a pena utilizar esse material de construção, pois tornaria a ponte duradoura. Seu sucesso é evidente: a ponte está de pé há quase mil anos.

As pedras foram colocadas cuidadosamente. Elas apoiam-se uma na outra, e isso torna toda a ponte forte.

Se quisermos ser fortes e resistentes em momentos de crise e dificuldade, também devemos construir nossas vidas sobre princípios sólidos. Podemos construir nossas vidas para serem duradouras e inquebráveis ​​nas tempestades e inundações que inevitavelmente assaltarão nossas almas. Estas 3 diretrizes podem ajudar.

1PRECISAMOS USAR BONS MATERIAIS

Nossa vida deve ser construída a partir de princípios morais que nos governam e nos fundamentam. As verdades duradouras de nossa fé nos guiam pelo caminho certo.

2DEVEMOS DAR-LHE A FORMA CERTA

Temos que colocar nossos valores e princípios em prática, para que eles não sejam apenas ideais abstratos, mas verdadeiras virtudes.

Como São Tiago escreveu na Sagrada Escritura: “Assim como o corpo sem a alma é morto, assim também a fé sem obras é morta”. (Tiago 2, 26) Colocar nossas crenças em prática mostra que realmente acreditamos no que dizemos.

3PRECISAMOS APOIAR UNS AOS OUTROS

Uma pedra pode ser derrubada facilmente se estiver sozinha. Quando unida a outros, pode se tornar parte de uma ponte que serve inúmeras pessoas ao longo dos séculos.

Nossos valores e princípios se fortalecem: fé, responsabilidade, amor, família, trabalho… Cada um está profundamente conectado ao outro.

E quando pessoas virtuosas apoiam umas às outras, elas são mais fortes do que quando estão isoladas. É por isso que devemos nos cercar de pessoas que compartilham nossos valores.

A história da ponte traz à mente a parábola do Evangelho de Mateus 7, 24-27:

Aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática é semelhante a um homem prudente, que edificou sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, sopraram os ventos e investiram contra aquela casa; ela, porém, não caiu, porque estava edificada na rocha. Mas aquele que ouve as minhas palavras e não as põe em prática é semelhante a um homem insensato, que construiu sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, sopraram os ventos e investiram contra aquela casa; ela caiu e grande foi a sua ruína.”

Como a antiga ponte que ainda existe quando muito ao seu redor caiu em destruição, vamos construir as casas de nossas almas sobre a rocha sólida de Cristo, para que nós também possamos vencer as tempestades.


POPE FRANCIS

Leia também:
Papa Francisco: vocês pertencem a Deus, e Jesus intercede por todos

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
JesusValoresVirtudes
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia