Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
home iconAtualidade
line break icon

Níger: cristãos são vítimas de violência terrorista

Reinnier KAZE / AFP

Des membres de la Force camerounaise d'intervention rapide patrouillent dans l'extrême nord du pays. (Image d'illustration)

Reportagem local - publicado em 23/08/20

“A notícia não foi publicada por ninguém, porque mortes de pequenos agricultores, se comparadas com mortes de ocidentais, não têm a mesma importância”, diz padre

“Tudo aconteceu no início da última semana no povoado de Djaheli, a cerca de 18 quilômetros de Bomoanga. Eles chegaram em cerca de vinte motocicletas, armados, alguns deles com o rosto coberto. Primeiro esperaram o retorno dos camponeses para suas casas ao anoitecer Depois cercaram e saquearam o povoado e partiram, não sem antes ter matado duas pessoas acusadas de conivência com as autoridades”.

O relato à Agência Fides, direto de Niamey, Níger, é de padre Mauro Armanino, missionário da Sociedade das Missões Africanas (SMA).

“A notícia não foi publicada por ninguém, porque mortes de pequenos agricultores, se comparadas com mortes de ocidentais, não têm a mesma importância”, observa com tristeza o sacerdote.

“A mensagem dos agressores, supostos ‘jihadistas’ que há muito se instalaram na região, é aquilo que tem se repetido há algum tempo. Pode ser resumido da seguinte forma: destruir, demolir a igreja, converter-se ao Islã, caso contrário a aldeia será arrasada”, sublinha o missionário que acrescenta ser “implícito o ‘convite’ a não colaborar com as forças governamentais, sob pena de terminar a vida como as duas pessoas mortas no local”.

Bomoanga é o povoado onde, em 17 de setembro de 2018, foi sequestrado padre Pierluigi, “Gigi” Maccalli.

“Vinte e três meses depois do sequestro do padre Pierluigi, a ‘paixão’ vivida por seu povo continua”, sublinha pe. Mauro. ”Em um encontro com o bispo da diocese, juntamente com o administrador da paróquia de Makalondi – atualmente isolada – uma delegação da população local enfatizou três aspectos fundamentais, que poderiam ser resumidos em três questões simples e essenciais: como continuar vivendo a fé; como garantir a alimentação necessária para a família; onde buscar refúgio”.

“É bom recordar que na zona fronteiriça de Burkina Faso, os deslocados internos, segundo as autoridades, ultrapassam um milhão de pessoas, ou seja, uma em cada vinte pessoas no país”, conclui o missionário.

(Agência Fides)

Tags:
PerseguiçãoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia