Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 02 Agosto |
home iconEstilo de vida
line break icon

Sabia que o sari de Madre Teresa é protegido por lei?

CALCUTA

Shutterstock | Zvonimir Atletic

Adriana Bello - publicado em 01/09/20

Medida visa proteger o uso comercial e indevido da vestimenta adotada pelas missionárias da caridade

Toda ordem religiosa tem uma vestimenta própria, e, se há algo que distingue a congregação Missionárias da Caridade é o sari (um vestido tradicional da Índia) branco com faixas azuis.

Em 2016, quase duas décadas depois da morte de Madre Teresa de Calcutá, finalmente se conseguiu que o traje fosse registrado como marca, a fim de proteger seu uso. 

As irmãs da congregação afirmam que Madre Teresa disse várias vezes antes de morrer que não queria que seu nome e sua imagem fossem usados com fins comerciais. As religiosas estavam descontentes porque o sari da congregação estava sendo vendido como souvernir.

Por isso, em 2013, o advogado da ordem solicitou que a vestimenta das missionárias da caridade tivessem a patente registrada. Em 4 de setembro de 2016, mesmo dia em que Madre Teresa foi canonizada pelo Papa Francisco, o governo da Índia concedeu a propriedade intelectual sobre a vestimenta.

O reconhecimento foi feito de forma silenciosa, e as irmãs não quiseram torná-lo público. No entanto, o advogado confirmou que o uniforme está protegido pela lei de propriedade intelectual.

Ainda de acordo com o advogado, quem quiser utilizar o modelo de vestimenta legalmente e sem fins comerciais pode solicitar autorização à ordem religiosa.

O simbolismo do sari

O sari de Madre Teresa data do fim dos anos 40, quando ela pediu permissão ao Vaticano para usá-lo com uma pequena cruz sobre o ombro esquerdo (símbolo do Cristo Crucificado). A cor branca remete à pureza e verdade, enquanto as três faixas azuis (cor associada à Virgem Maria) representam os votos que as religiosas fazem: pobreza, obediência, castidade e ajuda aos pobres. As noviças usam somente o sari branco (sem faixas) até que fazem seus votos.

No começo, as irmãs compravam a vestimenta. Depois, os pacientes com lepra passaram a confeccioná-los e eram remunerados por isso.

Trata-se de uma alternativa prática (já que o algodão é perfeito para o clima quente da Índia), criativa e principalmente simbólica.

Confira um pouco mais dessa “marca registrada” de Madre Teresa na galeria de fotos abaixo.

Tags:
Madre Teresa
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
3
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
4
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
5
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
6
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
7
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia