Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 02 Março |
Santa Inês de Boêmia
home iconReligião
line break icon

Mais de 500 cristãos etíopes teriam sido assassinados em ataques porta a porta desde junho

ETHIOPIAN CHRISTIANS

Minasse Wondimu Hailu | ANADOLU AGENCY | AFP

Reportagem local - publicado em 09/09/20

Extremistas muçulmanos armados com "armas, facões, espadas e lanças" têm perseguido os cristãos, de acordo com o relatório de um grupo de ajuda humanitária

A organização de ajuda cristã Barnabas Fund está relatando que desde junho mais de 500 cristãos etíopes foram assassinados em ataques porta a porta no estado de Oromia, na Etiópia.

De acordo com o relatório do grupo, “extremistas chegaram em carros e, armados com revólveres, facões, espadas e lanças, perseguiram e massacraram cristãos”. Os ataques teriam sido em retaliação ao suposto assassinato de um ativista político, Hachallu Hundessa.

Os terroristas pertencem ao grupo étnico Oromo, em grande parte muçulmano. Alguns dos militantes teriam listas de cristãos e procuraram matar qualquer um que tivesse sido particularmente ativo na Igreja.

Testemunhas disseram ao Barnabas Fund que a polícia local ficou parada e só observou enquanto os assassinatos eram cometidos, mas que alguns cristãos teriam sido salvos graças à intervenção de muçulmanos locais que os protegeram.

O Barnabas Fund informou que as empresas cristãs locais também foram incendiadas, vandalizadas ou destruídas.

Testemunhas descreveram cenas de horror inimaginável:

Em Dera, uma testemunha descreveu como os assassinos profanaram cadáveres “dançando e cantando, carregando as partes cortadas dos corpos daqueles que massacraram”. Outra testemunha relatou como os corpos retalhados de um casal cristão idoso, que fora espancado até a morte em sua casa, foram arrastados pelas ruas em Gedeb Asasa.

O assassinato de Hundessa em 29 de junho desencadeou uma onda de protestos políticos e de violência em toda a região de Oromia. De acordo com o jornal The Guardian, o conflito mais mortal ocorreu em duas partes de Oromia – Bale e Arsi – onde a onda de violência assumiu uma dimensão anticristã, colocando Oromos muçulmanos e cristãos uns contra os outros.

Tags:
PerseguiçãoTerrorismoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
3
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
6
Kathleen N. Hattrup
O homem que beijou a testa do Papa diz que se curou em Lourdes
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia