Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai

MIRACLE

@piero.iafrate

Maria Paola Daud - publicado em 18/09/20

O pai deste menino está convencido de que a Virgem Maria lhe concedeu um milagre em agosto passado

Essa história é muito recente e vem da Itália. Aconteceu exatamente no dia 15 de agosto, dia da Assunção de Maria. Um feriado para todos os italianos que aproveitam para passar o dia com a família ao ar livre ou na praia, como Piero Lafrate e sua família.

Mas naquele dia Piero viu que sua vida mudaria para sempre numa fração de segundo, e que uma tragédia só não aconteceu graças à intervenção milagrosa da Virgem Maria.

MIRACLE
@piero.iafrate

Piero conta assim o que aconteceu, em declarações ao semanário católico Maria con te:

“Fui para a água (num bote) com meu filho, enquanto minha filha estava com suas amigas. Eram cerca de 11:30, inesperadamente chegou um vento forte, uma tempestade, e o mar subiu. Estávamos a mais ou menos 50 ou 60 metros da praia. Nada aparentemente perigoso. Além disso, meu filho Mateo está acostumado a nadar, mas naquelas condições era impossível. Por isso pedi a ele que ficasse no bote. A certa altura, vejo que alguns botes começam a se mover por causa das ondas enormes e duas mulheres caem na água. Eu também caí na água, por causa dessas ondas grandes de pelo menos 3 metros de altura. Quando olho, Mateo se foi, uma onda virou o bote. Mergulhei para procurá-lo mas não consegui ver nada, a água estava muito turva. Ele tentou ficar submerso, movendo as pernas o máximo que podia, esticando os braços para eu encontrá-lo, sem sucesso. Quando saí de novo, a primeira coisa que fiz foi implorar a Maria Santíssima: “Ajuda-me!”. As ondas batiam violentamente em mim, jogando-me de um lado para o outro. Quando pensei que tinha perdido todas as esperanças de voltar a ver o meu filho, de repente me vi com o Mateo nos braços”.
MIRACLE
@piero.iafrate

Este foi o primeiro ano que Piero, por motivos de trabalho, não passou o 15 de agosto em sua cidade natal, Arpino, onde toda a cidade festeja ativamente a “Mãe Celeste” com celebrações e missas. E ele é um grande devoto.

É por isso que o comove pensar que, no momento do perigo, a Virgem Maria pode ter vindo visitá-lo, entregando Mateo em suas mãos.

Um milagre? “Claro”, Piero não tem dúvidas. E ele expressou sua gratidão a todos aqueles que se preocuparam com eles, mas principalmente a Nossa Senhora, em um post no Facebook.

Ele termina a mensagem com uma mensagem para seus filhos:

“É verdade, nunca há uma razão para que um amor termine, e vocês são a coisa mais linda que eu já tive, a melhor escolha que eu poderia ter feito. Vocês são crianças maravilhosas, que devo proteger e defender sempre e com todas as minhas forças!”.

Fonte: «Maria con te», n. 37, 13 de setembro de 2020, Ano III

Tags:
MariaMilagreNossa Senhora
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia