Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconReligião
line break icon

Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano

GIULIO NAPOLITANO/AFP

Gelsomino Del Guercio - publicado em 18/09/20

Seus confrontos com Satanás foram o tema de muitas entrevistas concedidas por ele ao longo da vida. Eis alguns trechos

Durante 36 anos, o padre Gabriele Amorth foi o principal exorcista do Vaticano e da diocese de Roma. Até falecer em setembro de 2016, aos 91 anos, ele enfrentou ao longo do seu ministério incontáveis “encontros” com Satanás, que foram tema de muitas entrevistas concedidas pelo padre a meios de comunicação do mundo inteiro.

A nossa época tem graves dificuldades para aceitar tal hipótese. Por trás da dimensão obscura e perturbadora das histórias reveladas pelo padre Amorth, porém, resta a lição de que o mal pode ser combatido – e derrotado.

Eis alguns trechos de entrevistas com o exorcista mais famoso do mundo:

Ao site italiano Libero, em 3 de fevereiro de 2012, o padre Amorth relatou lembranças do seu primeiro encontro com o diabo durante um exorcismo:

“De repente, eu tive a nítida sensação de uma presença demoníaca na minha frente. Senti o demônio me olhando, me examinando, se movimentando ao meu redor. O ar ficou frio. Um amigo exorcista já tinha me falado dessas mudanças bruscas de temperatura. Mas é uma coisa é ouvir falar e outro é viver a experiência. Eu tentei me concentrar. Fechei os olhos e continuei a minha oração, de coração: ‘Sai, rebelde. Sai, sedutor, cheio de armadilhas e mentiras, inimigo da virtude, perseguidor dos inocentes. Deixa este lugar para Cristo, em quem não há nenhuma das tuas obras’”.

O site Luce di Maria, em maio de 2015, também publicou interessantes informações sobre o padre Amorth e sobre o seu ministério. Por exemplo: os exorcistas interrogam o diabo, mesmo sabendo que ele é mentiroso; mas por que falar com ele se já se sabe que a resposta provavelmente será mais uma mentira? O padre Amorth esclareceu:

“Temos que filtrar as respostas do diabo. O Senhor às vezes impõe que ele diga a verdade, para mostrar que Satanás foi derrotado por Cristo e que ele é obrigado a obedecer aos discípulos que agem em nome do Senhor”.

De fato, acrescentou o padre Amorth, o diabo às vezes declara que é forçado a falar e que faz de tudo para evitá-lo. Ser forçado a revelar seu nome, por exemplo, é para ele uma grande humilhação, um sinal de derrota. Ele procura vingança nesses casos e a conversa tende assim a se tornar ainda mais perigosa. O exorcista precisa limitar-se às questões autorizadas pelo Rito e não se deixar conduzir pelo diabo.

Em outra entrevista, concedida à Urlo Magazine em 2009, o padre Amorth contou:

“Certa vez, me aconteceu de perguntar a um demônio por que, apesar da sua inteligência superior, ele preferiu descer ao inferno. Ele respondeu: ‘Eu me rebelei contra Deus e mostrei que sou mais forte do que Ele’. Para eles, a rebelião é um sinal de vitória e de superioridade”.

O poder do rosário

Em seu livro “Eu, o último exorcista”, o padre Amorth relata um diálogo que testemunha a força da Virgem Maria:

Pe. Amorth: “Quais são as virtudes de Nossa Senhora que mais te enraivecem?”
Satanás: “Ela me enfurece porque é a mais humilde de todas as criaturas e porque eu sou o mais orgulhoso. Porque ela é a mais pura de todas as criaturas e eu não sou. Porque ela é a mais obediente a Deus e eu sou o rebelde!” Pe. Amorth: “Por que temes mais quando eu digo o nome de Maria do que quando digo o nome de Jesus Cristo?” Satanás: “Porque me humilha mais ser derrotado por uma mera criatura do que por Ele” Pe. Amorth: “Existe uma quarta qualidade de Maria que te enfurece?” Satanás: “Ela sempre me frustra porque nunca foi tocada por mancha alguma de pecado!”

O sacerdote recordou também:

“Durante um exorcismo, Satanás me disse por meio da pessoa possuída: ‘Cada Ave-Maria do rosário é para mim um golpe na cara. Se os cristãos conhecessem o poder do rosário, seria o meu fim”.




Leia também:
Como rezar o terço? Um guia ilustrado




Leia também:
Oração de São Patrício contra feitiços e malefícios

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DemônioExorcismoMalTestemunho
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia