Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconReligião
line break icon

Vida em outros planetas, ciência e fé

ALIEN

DanieleGay | Shutterstock

Vanderlei de Lima - publicado em 28/09/20

Haveria também vidas extraterrestres inteligentes? Em caso positivo, que diz a Teologia Católica?

Órgãos de imprensa noticiaram a possibilidade de vida microbiana fora da Terra. Daí a questão: Poderia haver também vidas extraterrestres inteligentes? Em caso positivo, o que diz a Teologia Católica? – Este artigo oferece breve resposta a esta questão.

Em suma, a matéria “Molécula detectada em Vênus pode indicar vida microbiana extraterrestre”, de Sandra Rabine, na Folha de São Paulo, online, de 14/09/2020, afirma que o encontro de fosfina (gás que na Terra só existe por atividade industrial ou produzido por micróbios de ambientes anaeróbicos, ou seja, sem oxigênio), em Vênus, seria o mais forte indício de que há vida – de micróbios, no caso –, fora da Terra.

Clara Souza-Silva, astroquímica portuguesa do Mit (EUA), parece confiante ao afirmar: “Com o conhecimento atual que temos sobre química e sobre Vênus não existe uma explicação possível para a presença de fosfina nas nuvens do planeta que não seja vida”. Já o astrofísico Marcelo Borges, do Observatório Nacional (ON), se mostra mais cauteloso quando assegura poder “ser um processo não biológico que produz fosfina e que desconhecemos porque não existe na terra”. O assunto é estritamente científico e só o tempo nos oferecerá, talvez, respostas. A nós, por ora, interessa a questão: Haveria também vidas extraterrestres inteligentes? Em caso positivo, que diz a Teologia Católica?

Respondemos – a título de hipótese – que pode existir vida inteligente fora da Terra. O assunto é debatido há séculos. Xenófanes, filósofo grego do século VI a.C., teria dito que a Lua possuía habitantes inteligentes. Outros filósofos, incluindo Platão e Epicuro, anos mais tarde, defenderam teoria semelhante com relação a outros planetas. Já Aristóteles e os estoicos eram contra essa hipótese. Como quer que seja, quem reacendeu o debate foi o Cardeal Nicolau de Cue († 1464) ao afirmar que não existiria uma estrela sequer cuja presença de vida inteligente não fosse possível. Em 1868, Bernard le Bovier de Fontenelle publicou a famosa obra Pluralité des Mondes. Nela, defendia outros muitos mundos habitados por seres inteligentes. Seu livro foi, na época, defendido por bons teólogos jesuítas e dominicanos.

Chegamos, por fim, aos séculos XIX e XX que muito contribuíram com o debate no âmbito teológico. Sim, em 1884, o Padre Joseph Pohle, SJ, defendeu, em sua obra Die Sternenwelt und ihre Bewohner (Colônia, Alemanha), a existência de seres inteligentes em outros planetas. Fundamentava-se o estudioso jesuíta nos seguintes pontos: 1) Deus tudo criou para a sua glória. Pois bem, só os seres inteligentes são capazes de louvá-Lo como Ele deve ser louvado, com o coração (sentimentos) e a mente (inteligência). Ora, apenas os homens e mulheres na Terra somos poucos para render culto a Deus em meio a tanta matéria infra-humana. Portanto, outros planetas também devem ter seres inteligentes; 2) De acordo com São Tomás de Aquino (cf. Suma Teológica I 50, 3c e Contra os gentios 2,92), a ordem e a harmonia do Universo exigem que os seres mais nobres (racionais) ultrapassem os menos nobres (irracionais). Logo, é possível que haja vida inteligente fora da terra; 3) A sabedoria e a onipotência de Deus se manifesta no número e na variedade de seres criados. Ora, a Terra estaria longe de abranger esse número e variedade. Portanto, existem outros planetas habitados; 4) A maldade do ser humano é grande. Ora, Deus ama o bem. Por conseguinte, é preciso que existam outros lugares habitados por seres inteligentes e bons. Eis as hipóteses do Padre Joseph Pohle.

Que dizer? – O Padre Domênico Grasso, SJ, afirma que a tese do Padre Pohle tem certo peso, mas também pontos discutíveis. Como quer que seja, não se opõe à fé católica. Aliás, não há até o momento pronunciamento oficial da Igreja sobre o assunto. Deus, em seus santos desígnios, tem – caso existam tais extraterrestres – meios próprios de levá-los à vida eterna (cf. Dom Estêvão Bettencourt, OSB. Curso de Novíssimos ou Escatologia. Rio de Janeiro: Mater Ecclesiae, 1993, p. 173-177).

Eis o que, de momento, poderíamos dizer sobre um tema complexo que, por ora, interessa muito mais à ciência empírica do que à fé. Sejamos cautelosos!

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CiênciaDoutrinateologiaVida
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia