Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Estilo de vida

5 princípios sobre a consciência para você levar a sério

THOUGHT

Shutterstock

Robert McTeigue, SJ - publicado em 30/09/20

As pessoas falam sobre "seguir" a própria consciência, mas muito poucos falam sobre "formar" a própria consciência

Uma conversa sobre “seguir” a consciência:

ELE: É bom para mim viver com uma dieta de xarope de milho com alto teor de frutose.

EU: Isso é loucura! Não há evidências para apoiar isso! E isso contradiz o que se sabe sobre saúde.

ELE: Tudo bem. Minha consciência diz que não posso viver com nada além de xarope de milho rico em frutose.

EU: Então deve haver algo errado com a sua consciência.

ELE: Eu não tenho que me explicar para você – estou seguindo minha consciência!

EU (tentando permanecer calmo e caridoso): O que você está dizendo lança dúvidas sobre a sua compreensão.

ELE: Eu tenho que seguir minha consciência! A Igreja diz isso! Por que você não quer que eu seja um bom católico?

A consciência é frequentemente um tema quente entre os católicos, especialmente ao discutir assuntos controversos. O calor atinge o ponto de ebulição durante os períodos eleitorais. As pessoas falam sobre “seguir” a própria consciência, mas muito poucos falam sobre “formar” a própria consciência.

Porque tão poucos falam sobre a obrigação de seguir uma consciência bem formada, e menos ainda sobre a necessidade prévia do bom caráter moral necessário para ter uma consciência bem formada, muitas vezes ouvimos invocar a consciência como desculpa para um absurdo (como ilustrado no diálogo acima).

Discernimento, oração e consciência

Da mesma forma, as pessoas usam palavras como “discernimento” e “oração” do mesmo jeito que outros usam a palavra “consciência” como desculpa para afirmações estúpidas. Aqui está uma ilustração tirada da vida real:

PAROQUIANO: Percebi em oração que Deus quer que eu deixe tudo e todos para trás imediatamente e trabalhe como um missionário solitário, servindo aos mais pobres dos pobres.

PADRE: Não, Deus não quer que você faça isso.

PAROQUIANO: Como você pode dizer isso? Eu tenho que fazer isso! Porque eu percebi isso! Em oração! Você não quer que eu obedeça a vontade de Deus?

PADRE: Eu sei que você não discerniu em oração que seria vontade de Deus que você deixasse tudo e todos para trás imediatamente e trabalhasse como um missionário solitário, porque você tem uma esposa grávida e dois filhos pequenos. Você não pode ter discernido tal plano em oração porque Deus não irá chamá-lo para abandonar suas obrigações sacramentais e morais.

Você vê como isso funciona? As pessoas atribuem à “consciência” ou “discernimento” ou “oração” o que realmente é a expressão de um estado emocional. Quando eu questiono as pessoas sobre o uso indevido dessas três palavras, a resposta exasperada que recebo é: “Mas eu sinto que…” Isso pode ser verdade. Elas podem sentir. Elas podem até sentir muito intensamente. Mas sentir por si só não é matéria de consciência, discernimento ou oração.

Aqui estão alguns princípios não negociáveis:

  1. Não basta falar da obrigação de seguir a própria consciência.
  2. Temos a obrigação de ter uma consciência bem formada.
  3. Temos a obrigação de cultivar o caráter moral necessário para formar bem a nossa consciência.
  4. Uma consciência bem formada nunca o obrigará a fazer o que é imoral ou irracional.
  5. Não se pode “discernir” ou “receber em oração” o que é contrário ao que Cristo revelou à sua Igreja.

Vamos voltar à história do homem que come apenas xarope de milho. Observe que ele não disse: “Minha pesquisa mostra que comer apenas xarope de milho é bom para minha saúde”. Por que não? Porque isso não existe.

Na verdade, eu conheci pessoas que propuseram algumas alegações morais muito duvidosas. E o número e a dúvida dessas alegações tendem a aumentar dramaticamente se estivermos falando sobre moralidade sexual ou política.

Evidências e argumentos

Na maioria das vezes, quando apresento evidências e argumentos mostrando que suas propostas estão erradas, a resposta não foi nem mesmo um exame superficial das evidências. Nenhuma contra-evidência é oferecida. Não surpreendentemente, nenhum contra-argumento, muito menos uma refutação do raciocínio. Em vez disso, ouço: “Ainda sinto que…” ou “Consciência!” ou “Bem, eu trouxe isso para a oração e discerni…”

Dessa forma, estaremos em um estado lamentável se até mesmo os cristãos, quando falam de questões morais, se voltarem para a apresentação de desculpas e a fuga da responsabilidade, em vez de se apresentarem para exame à luz da verdade – tanto a verdade disponível para a razão humana comum quanto a verdade revelada por Deus. Sim, os cristãos fiéis devem oferecer o bom exemplo de vidas verdadeiramente justas.

Ao mesmo tempo, os cristãos fiéis devem ser cristãos racionais, oferecendo o bom exemplo de reunir e peneirar evidências em busca do que é verdadeiro e bom. A verdadeira conversão requer uma purificação do coração e da mente, uma purificação dos ídolos morais e mentais e a entrada de Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, que chama todo ser humano não apenas para sentir e escolher, mas também para pensar e aprender.


THINK

Leia também:
Os tipos de consciência 




Leia também:
A receita para um bom exame de consciência

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DoutrinaEducaçãoformaçãoPecado
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia